11 benefícios mais desejados por funcionários – Forbes Brasil
Carreira

11 benefícios mais desejados por funcionários

A maioria dos trabalhadores norte-americanos têm acesso a benefícios que vão de horários flexíveis e bônus em dinheiro à vantagens na academia. Algumas empresas encaram esses “privilégios” como incentivos morais que fazem com que os funcionários se tornem mais eficientes. Eles acabam também ajudando a melhorar a reputação da empresa no mercado e a recrutar melhores e mais talentosos profissionais. Algumas organizações, como o Google, por exemplo, oferecem aos seus funcionários uma enorme lista de benefícios, enquanto outros oferecem pouquíssimas “regalias”. De acordo com a empresa de pesquisa de opinião Gallup, pelo menos um terço do trabalhadores norte-americanos sairiam do seu emprego atual para conseguir benefícios mais atraentes em outra empresa.

LEIA MAIS: Como ser o seu próprio coach motivacional de carreira

E quais são realmente os benefícios que influenciam na hora de decidir por uma troca de emprego? Por meio de uma pesquisa, o Gallup descobriu que, apesar de a maioria das pessoas terem acesso ao seguro de saúde, 61% delas mudariam de emprego por causa especificamente deste benefício. Bônus em dinheiro e férias remuneradas também contribuem para a decisão, com 54% e 53% das respostas, respectivamente.

Veja na galeria de fotos os benefícios mais desejados pelos funcionários, capazes de convencê-los a trocar de emprego, e a porcentagem de pessoas dispostas a isso para obtê-los:

  • 1°) Seguro de saúde: 61%

  • 2°) Bônus em dinheiro: 54%

  • 3°) Férias remuneradas: 53%

  • 4°) Plano de aposentadoria com benefício definido: 51%

  • 5°) Horário flexível: 51%

  • 6°) Previdência privada com participação do empregador: 50%

  • 7°) Cobertura de seguro além de saúde (odontológico etc): 48%

  • 8°) Licença paga (em caso de doenças ou de faltas): 48%

  • 9°) Participação nos lucros: 40%

  • 10°) Local de trabalho flexível em período parcial: 37%

  • 11°) Local de trabalho flexível em período integral: 37%

1°) Seguro de saúde: 61%

Comentários
Topo