Carreira

7 truques mais comuns usados pelas pessoas manipuladoras para controlar você

Um dos livros mais vendidos na Escandinávia há alguns anos foi “Snakes in Suits: When Psychopaths Go to Work” (“Cobras em Ternos: Quando Psicopatas Vão ao Trabalho”, em tradução livre, sem versão em português), de Paul Babiak e Robert D. Hare.

A obra fez sucesso repentinamente e atraiu muita atenção da mídia. É bem provável que boa parte do fascínio se deva à forte identificação das pessoas com o título – ou, pelo menos, à curiosidade sobre a chance de que seus chefes ou colegas de trabalho pudessem realmente ser psicopatas.

Manipuladores tendem a se classificar como “engraçados” e usam isso como desculpa para fazer comentários ofensivos

Estudos afirmam que um entre 5 e 10 gestores pode ser um psicopata. Isso significa pelo menos 10% de todos os chefes, caso a análise esteja correta. Ainda mais assustadoras são as estimativas menos conservadoras, que apontam um índice de 20% de psicopatia entre os profissionais que ocupam cargos de gestão.

LEIA MAIS: 5 sinais de que seu chefe é uma boa pessoa – mas um péssimo líder

No mundo dos negócios, é possível encontrar um número significativo de pessoas que poderiam ser classificadas como psicopatas ou, pelo menos, que exibem traços de doença mental. Às vezes, nós os chamamos de negociadores agressivos, capazes de blefar e ameaçar com maestria. Porém, um negociador psicopata nem sempre é combativo. Ele pode, em alguns casos, ser uma pessoa doce e gentil.

Veja na galeria de fotos os 7 truques mais comuns que pessoas manipuladoras usam para controlá-lo:

  • 1. Eles o insultam através do humor

    Pessoas manipuladoras gostam de fazer com que os outros se sintam mal por meio de comentários perversos ou ofensivos, escondidos atrás da desculpa de que ele é “engraçado”. E se elas perceberem que você ficou desconfortável com esses comentários, ainda vão dizer que você não tem senso de humor. Não negue seus próprios sentimentos, ou você corre o risco de ser convencido de que é dramático demais. Por isso, lembre-se: você sabe reconhecer determinadas situações e seus próprios sentimentos.

  • 2. Eles mudam de assunto para evitar responsabilidades

    Se você traz à tona um dos erros cometidos pelo potencial psicopata – e devidamente acobertado – é muito provável que ele tente mudar de assunto de forma negativa e maliciosa. Ele pode, por exemplo, rebater comentando um deslize seu de três anos antes – muitas vezes um que não tem absolutamente nada a ver com as circunstâncias atuais e nem com o assunto. Uma pessoa manipuladora fará tudo o que puder para distraí-lo do fato de que ele maltrata você. Mantenha o foco: não fique aéreo e não se confunda. Se o manipulador não está interessado em um diálogo sincero, então esqueça. Não vale a pena perder o seu tempo.

  • 3. Eles o acusam de más ações nas quais eles mesmos estavam envolvidos

    Essa caso é clássico: a pessoa comete erros, mas acusa os outros. O manipulador se recusa ou é incapaz de ver o seu próprio comportamento de modo objetivo.

  • 4. Eles distorcem informações

    Pessoas manipuladoras praticam “gaslight”. O termo é usado para definir uma forma de abuso psicológico no qual informações são distorcidas ou seletivamente omitidas para favorecer o manipulador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima duvidar da sua própria memória, conhecimento, percepção e sanidade. O termo vem de uma peça de teatro de 1938 (“Gas Light”) em que um dos personagens principais tenta fazer sua esposa acreditar que ela está ficando louca.

    Expressões como “isso nunca aconteceu!, “você está louco?” e “você não entende!” são comuns nesse tipo de comportamento. Portanto, se alguém desafiar suas percepções ou crenças, não desista ou se entregue. Fale sobre o assunto com outras pessoas, de preferência com aqueles que não estão diretamente envolvidos e em quem você realmente confie, para que possam analisar os fatos com cuidado e sensibilidade.

  • 5. Eles testam o seu limite

    Uma pessoa manipuladora está constantemente testando seus limites para descobrir até onde você está disposto a chegar – moralmente, eticamente e de todas as demais formas. Seja firme e verdadeiro a respeito das coisas que você sabe que estão certas e não desista.

  • 6. Eles agem com amor, compaixão e compreensão em um dia, enquanto no outro comportam-se de maneira totalmente oposta

    Se durante um conversa sobre ex-parceiros, por exemplo, ele se refere a eles de forma abusiva e arrogante, fique atento. Amanhã o alvo poderá ser você.

  • 7. Eles tentam controlar você

    Manipuladores adoram controlar pessoas e situações. Eles se sentem forçados a assumir o poder. E farão de tudo para fazer valer suas iniciativas, pensamentos e sentimentos. Eles jogam com as emoções das pessoas e tentam fazer com que elas mesmas acabem por se considerar exageradas ou dramáticas.

1. Eles o insultam através do humor

Pessoas manipuladoras gostam de fazer com que os outros se sintam mal por meio de comentários perversos ou ofensivos, escondidos atrás da desculpa de que ele é “engraçado”. E se elas perceberem que você ficou desconfortável com esses comentários, ainda vão dizer que você não tem senso de humor. Não negue seus próprios sentimentos, ou você corre o risco de ser convencido de que é dramático demais. Por isso, lembre-se: você sabe reconhecer determinadas situações e seus próprios sentimentos.

Comentários
Topo