Coluna

João Moreira Salles doa R$ 350 milhões para instituto de pesquisa

iStock

Contribuição vai para o Serrapilheira, iniciativa do bilionário e de sua esposa para fomentar os estudos em ciências biológicas e exatas (iStock)

O cineasta João Moreira Salles, um dos integrantes da bilionária família Moreira Salles, grande acionista do Itaú Unibanco, anunciou a doação de R$ 350 milhões do patrimônio pessoal do clã para o Instituto Serrapilheira. A contribuição vai servir para a constituição da entidade, idealizada por João e por sua esposa, a linguista Branca Vianna, que tem como foco o financiamento de projetos ligados às ciências biológicas, exatas e médicas. Pesquisas ligadas às ciências humanas não serão contempladas, pois já são cobertas pelo Instituto Moreira Salles.

LEIA MAIS: “Precisamos discutir ciência no Brasil”, afirma João Moreira Salles

O Serrapilheira é presidido pelo geneticista francês Hugo Aguilaniu, do Laboratório de Genética do Envelhecimento da Escola Normal Superior de Lyon, na França. A primeira chamada de projetos será realizada ao longo do 2º semestre de 2017.

Comentários
Topo