Os lançamentos e inovações da maior feira de tecnologia da Europa – Forbes Brasil
Colunas

Os lançamentos e inovações da maior feira de tecnologia da Europa

Reprodução

Reprodução

Da IFA 2016, que ocorre em Berlim entre os dias 2 e 7 de setembro, não se espera nada menos do que wearables, utensílios inteligentes e dispositivos de realidade virtual – e foi exatamente isso que os visitantes encontraram na versão europeia da CES, a maior feira de eletrônicos de consumo do mundo.

Durante o evento, os visitantes estão rodeados de dispositivos de utilidade doméstica “inteligentes” e “conectados”, como ferros de passar, escovas de dentes e geladeiras que tiram fotos dos produtos guardados e mandam para o celular do usuário de hora em hora para que ele sempre saiba o que tem dentro dela.

LEIA MAIS: Comissão Europeia condena Apple a pagar US$ 14,5 bilhões em impostos na Irlanda

Esse último produto, apesar de parecer algo ficcional, é real e foi lançado pela Samsung em 2016. O eletrodoméstico do futuro permite ao cliente fazer muito mais que espionar doces e frios: a função Family Hub, instalada na porta da geladeira, ajuda o usuário a fazer compras, assistir televisão e escrever e compartilhar notas.

Parece um pouco demais, mas quando o preço de todos esses eletroeletrônicos do futuro caírem ao ponto de custarem tanto quanto os “antigos”, pode ter certeza que o público adorará tê-los em casa.

LEIA MAIS: Lembra da BCP? Conheça a história de uma das primeiras empresas de telecomunicação do país

Coloque o equipamento de realidade virtual, é hora da massagem

A IFA tem uma certa natureza utilitária — a quantidade de purificadores de ar e máquinas de lavar louça na feira é inacreditável – e isso serve muito para ver exatamente como as tecnologias do futuro afetarão o dia a dia do cidadão comum. Como em qualquer feira de tecnologia, quase todo aparelho de realidade virtual está conectado a algum tipo de jogo. Na IFA, essa tecnologia o coloca em uma sessão relaxante de massagem.

Porém, também surgiram surpresas: a Alcatel, famosa marca de celulares, lançou um aparelho independente de realidade virtual (o que significa que ele não está conectado a nenhum videogame ou celular), o que colocou a marca no mapa da RV.

LEIA MAIS: Brasileiro é eleito pelo MIT um dos 35 jovens mais inovadores do mundo em 2016

No entanto, apesar de todos os aparelhos vistos em Berlim, é impossível ignorar o fato de que o que está sendo produzido e exibido hoje é apenas o começo de uma tecnologia para uma experiência muito mais refinada. Fica a pergunta: quando a realidade virtual sairá do nicho dos games e se tornará algo disponível para o lazer e o descanso do público em geral? “O incentivo por trás do desenvolvimento dessa tecnologia é tão grande – empresas como Facebook, Samsung, Google e até Apple (que não tem um aparelho assim até hoje) – que com certeza será possível ver mais dessas tecnologias nos próximos anos”, diz Stan Schroeder, do site “Mashable”.

OLED se tornou barato

Os telões em geladeiras e aparelhos de realidade virtual à parte, a maioria das telas (dessa vez de televisão) na feira eram de OLED, atualmente a tecnologia mais avançada para a fabricação de qualquer tipo de tela, com definição de 4K.

LEIA MAIS: Cielo é eleita uma das 100 empresas mais inovadoras do mundo

Na verdade, a LG construiu um túnel feito inteiramente dessas telas. Em estandes de companhias como Samsung, Sony e Panasonic, as grandes OLED 4K conseguiram a atenção principal do público.

Porém, o fato de que essas televisões são bonitas e finas não é novidade. A notícia em si é que o preço está finalmente diminuindo, o que as torna uma reposição viável para sua LCD. Talvez US$ 55.000 por uma 8K OLED TV não seja barato, mas, comparado ao preço do ano passado, até que vale a pena.

LEIA MAIS: Empresa oferece iPhone 7 com diamantes por US$ 13.200

Mais duas coisas sobre a IFA precisam ser mencionadas: os smartphones e os wearables. Havia um grande quantidade de smartwatches no evento, com o grande Gear S3 da Samsung. A tendência atual é fazê-los parecer com relógios analógicos. A Samsung não escondeu sua intenção quando lançou o Gear S3, citado acima.

Quanto aos celulares, não havia tantas novidades, salvo alguns lançamentos de marcas como Huawei e ZTE. A Apple lançará seu novo iPhone 7 amanhã e qualquer lançamento na IFA provavelmente será esquecido.

Comentários
Topo