Rede canadense Hudson’s Bay, proprietária da Saks Fifth Avenue, pretende comprar a Neiman Marcus – Forbes Brasil
Colunas

Rede canadense Hudson’s Bay, proprietária da Saks Fifth Avenue, pretende comprar a Neiman Marcus

neiman_marcus_roosevelt_field_longisland

Atualmente, a loja de departamento possui 42 unidades. Na foto, o empreendimento da região de Long Island, Nova York. (Foto: Reprodução/Neiman Marcus)

Ganharam força nos últimos dias os rumores de que a empresa Neiman Marcus pode estar prestes a ser vendida para o grupo canadense Hudson’s Bay, proprietário de gigantes do setor como a Saks Fifth Avenue e a Lord & Taylor.

A empresa possui, atualmente, 42 lojas homônimas, um outlet e duas lojas de departamentos de ultra luxo Bergdorf Goodman. Ao que tudo indica, a negociação é resultado de um período difícil para as lojas de departamento, causado por fatores como queda nas vendas, migração das compras para a internet e o aumento da competição com os outlets.

Lojas de departamento enfrentam momento difícil, com queda nas vendas e competição acirrada

Atualmente, a Neiman Marcus tem uma dívida estimada em US$ 5 bilhões. “Estamos sempre avaliando oportunidades para acelerar o crescimento da companhia, de forma a aumentar ou melhorar o nosso portfólio”, disse um representante da Hudson’s Bay ao “New York Times” sobre a negociação sem, no entanto, confirmar ou desmentir a operação de compra e venda. O grupo também manteve discussões com a Macy’s, que, a exemplo da Neiman Marcus, enfrenta um período fraco de vendas.

Desde 2013, a Neiman Marcus é propriedade da empresa de private equity Ares Management L.P. Foi nessa mesma época que interrompeu-se o movimento de expansão de mercados da marca e concentrou-se esforços no desenvolvimento do e-commerce – estratégia que não ajudou a recuperação da empresa.

Comentários
Topo