Fotos

11 restaurantes muito inusitados

Esqueça os restaurantes onde o destaque é o cardápio ou o chef. Nesta seleção elaborada por FORBES Brasil, a proposta é aproveitar a refeição sim, mas em um lugar completamente inusitado. Alguns dos estabelecimentos são até meio cenográficos. O restaurante Prison Feng Yun, por exemplo, imita uma prisão e convida seus clientes a se acomodarem no interior das celas – que parecem super reais. Já o Ithaa, nas Maldivas, proporciona a experiência de jantar submerso no oceano – um deleite para aqueles que amam a natureza.

LEIA TAMBÉM: 6 restaurantes para jantar nas alturas

Veja, na galeria de fotos, 11 restaurantes com propostas muito inusitadas:

  • Restaurante Flutuante, Lin’an, Província de Zhejiang (China)

    O local oferece refeições em um deque flutuante, no meio do rio. Cada uma das mesas acomoda apenas duas pessoas, que chegam ao seu deque particular por meio de um barco – o mesmo utilizado no preparo e na entrega dos pratos.

  • Restaurante Prison Feng Yun, Tianjin (China)

    Neste restaurante, os clientes são acomodados em celas. A decoração conta com aranhas falsas penduradas no teto e correntes. A inspiração por trás da proposta é que as pessoas tenham a sensação de como é ser privado da liberdade e, assim, não cometam crimes.

  • Lili Airways Bar, Wuhan (China)

    Um boeing 737 foi transformado em um restaurante com 19 mesas. O ambiente simula um voo real: quando chegam, os passageiros devem imprimir seus bilhetes para entrar na aeronave. A equipe da cozinha e os garçons estão vestidos a caráter. Já o menu varia conforme a rota – culinárias típicas da Alemanha, França e Estados Unidos estão entre as opções.

  • Ithaa Restaurant, Ilha Rangali (Maldivas)

    O restaurante submerso a 1,5 metro faz parte do complexo do Resort Conrad Rangali. Para chegar até o salão, os clientes descem uma escada em formato de espiral. É possível escolher entre café da manhã, almoço ou jantar.

  • House of Poo, Beijing (China)

    No interior do restaurante, os clientes são acomodados em vasos sanitários em vez das convencionais cadeiras. Os pratos também seguem a temática: as louças imitam mictórios, privadas e banheiras. Segundo o proprietário, o local é uma proposta feita para divertir os mais jovens.

  • Toyako, Shanghai (China)

    Quem manda na cozinha deste restaurante são os robôs – avaliados em US$ 150 mil cada – que preparam noodles em apenas 90 segundos. São disponibilizados quatro opções de sabores, vendidos por US$ 9, preço superior a restaurantes com a forma de preparo convencional.

  • Hospitalis, Depok (Indonésia)

    O restaurante simula um hospital. As garçonetes se vestem como enfermeiras e até os drinques têm nome de tratamentos – como o “Acupuntura”. Objetos como seringas, tigelas de metal e tubos de ensaio são utilizados como louças.

  • Franks Diner, Washington ( EUA)

    O grande diferencial deste diner (lanchonete típica de comida norte-americana) é o ambiente: um vagão de trem antigo da marca Pullman, adaptado para servir de restaurante. Foi inaugurado em 1906.

  • Restaurante com robôs, Chengdu (China)

    O estabelecimento investiu cerca de US$ 11.000 em cada um dos 10 robôs que servem os clientes e desempenham funções como levar os pratos até as mesas e se comunicar por meio de saudações simples.

  • Zov Ilycha, São Petesburgo (Rússia)

    O restaurante é todo inspirado na antiga União Soviética. Na decoração, destaque para o vermelho predominante e imagens de Lenin e Stalin. As garçonetes usam uniformes inspirados nas escoteiras da URSS. No menu, é possível encontrar carne de urso e pratos típicos do antigo país.

  • Restaurante de terror, Taiwan (China)

    No estabelecimento, os atendentes servem os clientes vestidos de fantasmas e personagens de filmes de terror. A decoração também segue a temática.

Restaurante Flutuante, Lin’an, Província de Zhejiang (China)

O local oferece refeições em um deque flutuante, no meio do rio. Cada uma das mesas acomoda apenas duas pessoas, que chegam ao seu deque particular por meio de um barco – o mesmo utilizado no preparo e na entrega dos pratos.

Comentários
Topo