Conheça a coleção de joias criada a partir de um diamante perfeito de 342 quilates – Forbes Brasil
Fotos

Conheça a coleção de joias criada a partir de um diamante perfeito de 342 quilates

A Chopard, empresa que fabrica algumas das joias mais glamourosas do mundo, criou uma coleção de seis peças com diamantes esculpidos a partir de uma única pedra perfeita de 342 quilates.

A “Rainha do Kalahari”, nome dado em homenagem ao deserto onde a mina está localizada, poderia ter sido cortada em duas grandes partes de, aproximadamente, 80 quilates cada, mas a co-presidente e diretora criativa da Chopard, Caroline Scheufele, adquiriu o diamante e quis criar uma coleção completa com a peça.

Leia mais: 10 países com o maior número de jatos particulares do mundo

Veja na galeria de fotos mais detalhes sobre a luxuosa coleção:

  • Nas mãos de cortadores da cidade de Antuérpia, na Bélgica, a “Rainha do Kalahari” rendeu excepcionais 23 diamantes, cinco dos quais têm mais de 20 quilates. Eles foram colocados em seis peças, incluindo um relógio, compondo uma coleção completa chamada de “Jardim do Kalahari”.

  • Esta é a coleção de joias de maior prestígio já criada pela Chopard.

  • O tema do design para o desenvolvimento da coleção foi inspirado no laço francês de renda guipure, que se tornou uma assinatura da Chopard. O relógio secreto é feito de ouro 18k branco certificado Fairmined, definido com dois diamantes excepcionais e perfeitos – um em forma de pêra e outro arredondado, com corte brilhante. O restante do relógio é inteiro rodeado de diamantes em forma de pêra, com um total de 55 quilates. Ele contém um movimento automático, o elite Caliber L.U.C 96.17-L, com um micro-rotor de platina com diamantes.

  • A coleção também inclui um colar com diamantes perfeitos (mais de 200 quilates), brincos (mais de 100 quilates) e um anel (mais de 20 quilates).

  • A coleção levou, no total, 3.200 horas para ser produzida. Cada estágio do desenvolvimento foi filmado por Alexis Veller, diretor de cinema. O material transformou-se em um documentário de 55 minutos transmitido na Semana de Moda de Paris deste ano.

  • As peças estão sendo vendidas como uma coleção por um valor não revelado.

Nas mãos de cortadores da cidade de Antuérpia, na Bélgica, a “Rainha do Kalahari” rendeu excepcionais 23 diamantes, cinco dos quais têm mais de 20 quilates. Eles foram colocados em seis peças, incluindo um relógio, compondo uma coleção completa chamada de “Jardim do Kalahari”.

Comentários
Topo