Listas

Natura chega ao Top 20 das companhias mais sustentáveis do mundo

O ano passado foi o segundo mais quente já registrado. Ao mesmo tempo, empresas enfrentam questões como o salário de altos executivos e a necessidade de maior diversidade nas companhias. Neste cenário, quais empresas se preocupam mais com a sustentabilidade?

Desde 2005, a revista Corporate Knights, de Toronto, publica o ranking Global 100, lista anual das companhias mais sustentáveis do mundo. Usando dados públicos, são analisados grandes empresas em 14 itens, que passam por gerenciamento de recursos, finanças e gestão de funcionários.

LEIA MAIS: 10 cidades com os empregos mais sustentáveis

Para o ranking deste ano, a Corporate Knights considerou cerca de 4.000 empresas com valor de mercado de pelo menos US$ 2 bilhões. O resultado deve ser apresentado hoje (17), no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

A brasileira Natura, nesta edição, chega ao Top 20. No ranking do ano passado, a empresa ficou na 61ª posição. Em 2015, foi a 44ª mais sustentável. O Banco do Brasil, por sua vez, que apareceu na 75ª posição no ranking de 2016, não está na seleção 2017. Já o Santander Brasil, que não estava no Top 100 no ano passado, é o outro representante do país na lista deste ano, na 60ª posição.

Veja na galeria de fotos abaixo as 20 companhias mais sustentáveis do mundo em 2017:

  • 20°) Intesa Sanpaolo

    País: Itália

    Setor: finanças

  • 19°) Natura Cosméticos

    País: Brasil

    Setor: cosméticos

  • 18°) Nokia

    País: Finlândia

    Setor: tecnologia da informação

  • 17°) Credit Agricole SA

    País: França

    Setor: finanças

  • 16°) BMW Group

    País: Alemanha

    Setor: automóveis

  • 15°) Henkel

    País: Alemanha

    Setor: produtos químicos

  • 14°) McCormick

    País: Estados Unidos

    Setor: produtos químicos

  • 13°) Centrica PLC

    País: Reino Unido

    Setor: energia

  • 12°) Derwent London

    País: Reino Unido

    Setor: imóveis

  • 11°) Dassault Systemes

    País: França

    Setor: tecnologia da informação

  • 10°) Enagas

    País: Espanha

    Setor: gás natural

  • 9°) DSM

    País: Holanda

    Setor: indústria química

  • 8°) Johnson & Johnson

    País: Estados Unidos

    Setor: cuidados com saúde

  • 7°) Philips

    País: Holanda

    Setor: cuidados com a saúde, eletrônicos e iluminação

  • 6°) Commonwealth Bank Of Australia

    País: Austrália

    Setor: finanças

  • 5°) ING Group

    País: Holanda

    Setor: finanças

  • 4°) Danske Bank

    País: Dinamarca

    Setor: finanças

  • 3°) Cisco

    País: Estados Unidos

    Setor: tecnologia da informação

  • 2°) Storebrand ASA

    País: Noruega

    Setor: finanças

  • 1°) Siemens

    País: Alemanha

    Setor: energia, infraestrutura, indústria e cuidados com a saúde

20°) Intesa Sanpaolo

País: Itália

Setor: finanças

Comentários
Topo