Fotos

Conheça 19 das mães mais ricas do mundo

O Dia das Mães é celebrado, em vários lugares do mundo, no mês de maio. Sua origem remete a 1908, quando Anna Jarvis organizou um culto em homenagem a todas as mães em uma igreja metodista dos Estados Unidos. Anna decidiu organizar a solenidade como forma de amenizar o sofrimento e a dor pela morte da mãe três anos antes.

LEIA MAIS: Aumento das vendas no e-commerce vai ser maior que o das lojas físicas no Dia das Mães

Após o evento – realizado em maio – se disseminar rapidamente pelo país, a data foi oficializada no segundo domingo do mês em 1914, pelo presidente Woodrow Wilson. No Brasil, a oficialização foi em 1932, durante o governo de Getúlio Vargas. Entre os países que também adotaram a data estão África do Sul, Chile, Alemanha, Itália, Hong Kong e Grécia, entre vários outros. Alguns, como México, Guatemala, Polônia, Hungria e Espanha, também fazem sua homenagem em maio, não necessariamente no segundo domingo.

Desde então, o dia passou a ser de homenagens às mães, com os filhos demonstrando afeto por suas genitoras e o varejo sendo movimentado pela compra de presentes, lembrancinhas e flores. No entanto, para alguns filhos, comprar algo que agrade suas mães não é tarefa fácil. Afinal, elas são mães bilionárias. Juntas, detêm um patrimônio de US$ 249,3 bilhões.

Veja, na galeria de fotos, 19 das mães mais ricas do mundo:

  • 1. Liliane Bettencourt (França) – US$ 43,4 bilhões

    Aos 94 anos, a mulher mais rica e principal acionista do grupo de cosméticos L’Oreal, com 33% de participação, tem apenas uma filha. A herdeira, Françoise Bettencourt-Meyers, é atualmente integrante do Conselho de Administração da L’Oreal, além de trabalhar pelas relações entre o Cristianismo e o Judaísmo.

  • 2. Maria Franca Fissolo (Itália) – US$ 26,7 bilhões

    A italiana de 76 anos é viúva de Michele Ferrero, do Grupo Ferrero, uma das principais companhias de doces do mundo, mais conhecida pelas marcas Nutella, Kinder e Tic-Tac. Maria e Michele tiveram dois filhos: Giovanni, que é CEO do grupo desde 1987, e Pietro, que faleceu em 2011 durante uma competição de ciclismo na África do Sul.

  • 3. Jacqueline Mars (EUA) – US$ 26,6 bilhões

    A herdeira da companhia de doces Mars Inc. – com um terço das ações – tem 77 anos e três filhos: Stephen, Alexandra e Christa Badger. Jaqueline não está mais no Conselho de Administração da Mars – saiu em 2016 -, mas seus três filhos estão presentes para manter o legado da família e expandir os negócios.

  • 4. Susanne Klatten (Alemanha) – US$ 22,2 bilhões

    Com quase 50% das ações da BMW, a alemã de 55 anos tem três filhos, fruto do casamento com Jan Klatten. Além da montadora, o patrimônio de Susanne está relacionado com a farmacêutica Altana AG, empresa que contribuiu para seu crescimento e depois foi vendida para a escandinava Nycomed.

  • 5. Laurene Powell Jobs (EUA) – US$ 20,9 bilhões

    A empresária e viúva do fundador da Apple Steve Jobs tem três filhos. Aos 53 anos, é presidente do Emerson Collective, organização responsável por patrocinar políticas públicas de cunho social relacionadas à imigração, educação e preservação do meio ambiente.

  • 6. Abigail Johnson (EUA) – US$ 14,4 bilhões

    A norte-americana é CEO do fundo mútuo Fidelity Investments, que foi fundado por seu avô Edward Johnson II em 1946. Detém 24% de participação do fundo, que tem em seu portfólio US$ 2,1 trilhões em ativos. Aos 55 anos, tem uma única filha.

  • 7. Charlene de Carvalho-Heineken (Holanda) – US$ 14,2 bilhões

    A presidente da Heineken tem cinco filhos. O mais velho, Alexander, é integrante do Conselho de Administração da cervejaria, no qual Charlene detém a posição de diretora-executiva. A mãe bilionária, que controla 23% da Heineken, herdou a companhia após o falecimento do pai, Freddy Heineken.

  • 8. Gina Rinehart (Austrália) – US$ 13,6 bilhões

    Aos 63 anos, a presidente da mineradora Hancock tem quatro filhos. A mais velha, Bianca Hope Hayward, foi diretora da companhia até 2011. Gina herdou a empresa do pai, Lang Hancock.

  • 9. Zhou Qunfei (Hong Kong) – US$ 9,3 bilhões

    A mulher mais rica da China tem 47 anos e dois filhos, um de cada casamento. Ela é fundadora e CEO da Lens Technology, especializada na venda de tela de celulares touch screen para as gigantes Apple e Samsung. Ela é também a empreendedora mais rica do mundo.

  • 10. Katharine Rayner (EUA) – US$ 8,3 bilhões

    A norte-americana é herdeira da Cox Enterprises, conglomerado automotivo e de mídia fundado pelo avô James M. Cox. Rayner casou-se duas vezes e teve filhos, mas não se sabe quantos, pois manteve a vida privada longe dos holofotes. Ela e os herdeiros nunca tiveram participação direta na gestão da companhia, presidida por seu primo Jim Kennedy. Dedica-se à filantropia.

  • 11. Margaretta Taylor (EUA) – US$ 8,3 bilhões

    Mais uma herdeira da Cox Enteprises. Assim como a irmã, mantém a vida privada reservada. Um dos seus filhos, Alex, é diretor do conglomerado.

  • 12. Sandra Ortega Mera (Espanha) – US$ 7,7 bilhões

    A herdeira da Inditex, detentora da marca de roupas Zara, tem 48 anos e três filhos. Sandra possui 7% do grupo, participação herdada após a morte repentina da mãe, em 2013. Também recebeu 89% do controle da Rosp Corunna. Não tem participação no controle da Inditex, mas é vice-presidente de uma fundação voltada ao auxílio de pessoas com deficiência física.

  • 13. Ann Walton Kroenke (EUA) – US$ 6,5 bilhões

    A sobrinha de Sam Walton, fundador da rede Wal-Mart, deve sua fortuna à herança do pai, Bud Walton, irmão de Sam e co-fundador do conglomerado. Ann é enfermeira, tem dois filhos e nunca se envolveu na administração dos negócios da família. Seu marido, Stan Kroenken, também é bilionário (do ramo imobiliário) e tem investimentos em agremiações esportivas nos EUA e na Inglaterra, como o Denver Nuggets (NBA) e o Arsenal (Premiere League).

  • 14. Marian Ilitch (EUA) – US$ 6,4 bilhões

    Viúva de Michael Ilitch, tem 84 anos e sete filhos. É co-fundadora, junto com o marido, da empresa de alimentos Little Caesar’s Pizza. Além disso, a família tem investimentos em negócios esportivos nos Estados Unidos, sendo proprietária do time de baseball Detroit Tigers. Em 2016, iniciou a construção de uma arena de hockey para o Detroit Red Wings. A família também possui o Motor City Casino na sua carteira de ativos.

  • 15. María Asunción Aramburuzabala (México) – US$ 5,8 bilhões

    A mexicana de 54 anos é CEO do fundo de private equity Tresalia Capital, pertencente a sua família. Ela, a mãe e a irmã herdaram após a morte de Pablo Aramburuzabala o grupo cervejeiro Modelo, fabricante da cerveja Corona. A executiva tem dois filhos.

  • 16. Carrie Perrodo (Cingapura) – US$ 5,7 bilhões

    A ex-top model e ex-proprietária de uma agência de modelos em Cingapura tem três filhos. Carrie é, atualmente, dona da empresa petrolífera Perrenco, fundada por seu ex-marido Herber Perrenco, morto em 2006. O filho mais velho do casal, François Hubert Marie Perrodo, é diretor comercial do grupo, enquanto a filha do meio, Nathalie Perrodo, administra a divisão vinícola. O caçula, Bertrand Nicolas Hubert Perrodo, preferiu construir uma carreira fora do ambiente familiar: é diretor no fundo de investimento Perwyn LLP.

  • 17. Rossana Camargo de Arruda Botelho (Brasil) – US$ 3,1 bilhões

    Uma das herdeiras do grupo de construção civil e de cimento Camargo Corrêa, Rossana tem três filhos. Além de participar das decisões estratégicas na gestão do grupo, também é integrante e Organizações Não-Governamentais (ONGs) ligadas à educação e à proteção da infância.

  • 18. Renata de Camargo Nascimento (Brasil) – US$ 3,1 bilhões

    A irmã de Rossana tem uma filha e não participa da administração do grupo. Ajudou a criar o Instituto de Cidadania Empresarial, que engaja executivos a participar de projetos de inovação social.

  • 19. Regina de Camargo Pires Oliveira Dias (Brasil) – US$ 3,1 bilhões

    Outra herdeira da Camargo Corrêa, também não está presente na gestão do conglomerado. Tem filhos com Carlos Pires Oliveira Dias, presidente da rede de farmácias Drogasil, e detém 26,21% das ações do grupo.

1. Liliane Bettencourt (França) – US$ 43,4 bilhões

Aos 94 anos, a mulher mais rica e principal acionista do grupo de cosméticos L’Oreal, com 33% de participação, tem apenas uma filha. A herdeira, Françoise Bettencourt-Meyers, é atualmente integrante do Conselho de Administração da L’Oreal, além de trabalhar pelas relações entre o Cristianismo e o Judaísmo.

Comentários
Topo