Bilionários russos ganham US$ 29 bilhões após a vitória de Donald Trump – Forbes Brasil
Negócios

Bilionários russos ganham US$ 29 bilhões após a vitória de Donald Trump

Bilionários russos, como Leonid Mikhelson (centro) e Vagit Alekperov (direita), estão muito satisfeitos com a vitória de Trump (Getty Images)

Bilionários russos, como Leonid Mikhelson (centro) e Vagit Alekperov (direita), estão muito satisfeitos com a vitória de Trump (Getty Images)

Os homens mais ricos da Rússia ganharam cerca de US$ 29 bilhões desde a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, graças ao aumento do valor das ações e da moeda russa.

Entre os maiores beneficiários está Gennady Timchenko, um dos principais alvos dos EUA nas sanções à Rússia em 2014 e parte do círculo de Vladimir Putin, presidente do país. Ações da Novatek, produtora de gás natural, subiram 16% desde a eleição, o suficiente para aumentar o valor das ações do bilionário, estimadas em 23%, cerca de US$ 1,8 bilhão.

O empresário russo vendeu sua parte de 43% na petrolífera Gunvor, que cofundou, um dia antes do Tesouro norte-americano levantar sanções contra ele em março de 2014. Oficiais alegaram que Putin havia investido na companhia e poderia ter acesso aos fundos. Hoje, grande parte da fortuna de Timchenko, cerca de US$ 15,1 bilhões, é mantida de maneira privada, portanto, mais difícil de rastrear cotidianamente, como suas ações da Novatek.

O homem mais rico da Rússia, Leonid Mikhelson, acrescentou mais à sua fortuna do que qualquer outro. Também investidor da Novatek, o bilionário ganhou cerca de US$ 1,9 bilhão desde as eleições nos EUA, o que elevou sua fortuna para US$ 18,2 bilhões. Mikhelson e Timchenko são investidores com o também bilionário Kirill Shamalov, genro de Putin, na grande petroquímica Sibur.

Juntos, os bilionários russos somam US$ 29 bilhões ganhos após a vitória do republicano, mais do que os ganhos combinados de bilionários em qualquer país fora dos EUA. FORBES contabiliza seis vezes mais a quantidade de bilionários norte-americanos que russos. Enquanto os norte-americanos aumentaram sua renda em 2,8% desde a eleição, os russos cresceram cerca de 7,1%.

Em adição às ações em alta, as pessoas mais ricas da Rússia se beneficiaram da alta do rublo russo, que caiu 55% em relação ao dólar em 2014, mas subiu 20% em 2016, graças ao aumento do petróleo e esperanças em melhorar a relação entre os EUA.

Os magnatas do aço Alexey Mordashov e Vladimir Lisin são outros dois ganhadores, que adicionaram US$ 1,6 bilhão e US$ 1,4 bilhão, respectivamente, a suas fortunas desde a eleição. Lisin US$830 milhões dos ganhos de Lisin vieram três dias após a vitória de Trump.

“A maioria das commodities recebeu um grande aumento após as eleições norte-americanas”, afirma Sergey Donskoy, analista de Londres que cobre os negócios de metal e mineração no banco Societe Generale. “Não sei ao certo por que as pessoas estão apostando no impacto positivo de uma presidência comandada por Trump. Não sei ao certo se as promessas feitas por ele são fáceis de serem cumpridas, mas, como dizem, o mercado está sempre certo. Se as pessoas acreditam nisto, as ações sobem.”

LEIA MAIS: 74 pessoas mais poderosas do mundo em 2016

Vagit Alekperov, um ex-ministro soviético que agora comanda uma das maiores petrolíferas do mundo, ganhou US$ 1,8 bilhão. Seus ganhos tem maior relação com o mercado de petróleo global do que com a política norte-americana. As ações da companhia Lukoil cresceram 8% após a OPEC concordar em limitar a produção de petróleo no dia 30 de novembro. As ações da Lukoil subiram 59% em 2016, que refletiu na virada do preço do petróleo.

Comentários
Topo