13 estratégias para ajudar profissionais tímidos a construir sua marca pessoal

Jose Luis Pelaez Inc/ Getty Images
Jose Luis Pelaez Inc/ Getty Images

É necessário ter uma boa base em suas redes sociais para conseguir novas oportunidades de carreira

O mundo moderno é centrado em entender tudo sobre os profissionais com quem interagimos. Mas nem todos têm o mesmo tipo de mentalidade quando se trata de privacidade individual.

Uma boa marca pessoal em sua carreira geralmente requer que você dê um pouco mais de si mesmo para estabelecer um relacionamento com seu público-alvo, principalmente com empregadores potenciais. E a confiança em si mesmo é a parte mais crítica.

LEIA MAIS: 6 dicas para fazer seu currículo ser visto e conseguir uma entrevista

Os profissionais, portanto, inevitavelmente acabam abrindo mão de parte de sua privacidade pessoal para sua carreira. Os mais tímidos, que temem estar sob os holofotes, terão mais dificuldades de se adaptar a esse novo normal profissional que mistura ser um funcionário competente e um influenciador ao mesmo tempo.

Veja na galeria a seguir, 13 estratégias para ajudar os tímidos a construir sua marca sem precisar sofrer para sair de sua zona de conforto:

  • 1. Comece com pequenos passos

    Comece a construir uma marca pessoal com passos pequenos e calculados. Compartilhar pensamentos de liderança e inovação em torno de tópicos de seu interesse é um bom jeito de começar uma marca pessoal que seja fiel a quem você é ao mesmo tempo que evita o compartilhamento excessivo.

    Trisha Swift, da ZeOmega Population Health Solutions

    Kilito Chan/ Getty Images
  • 2. Encontre sua paixão

    Quais são os tópicos pelos quais você é apaixonado pessoal e profissionalmente? Peça a seus amigos e colegas para ajudá-lo a debater os assuntos sobre os quais você fica naturalmente animado para falar e comece a compartilhar suas ideias sobre essas áreas em suas redes sociais.

    Holly Tate, do Vanderbloemen Search Group

    mapodile/ Getty Images
  • 3. Defina o seu propósito

    Qual seu propósito de carreira? Qual sua paixão? O que você deseja influenciar e mudar para melhor? Uma vez estabelecido isso, faça um calendário editorial com o qual você possa se comprometer, como um ou dois posts por semana. Recomendo postagens alinhadas ao seu propósito no começo e, em seguida, tente desenvolver conteúdo original que impulsione esse propósito adiante.

    Camille Weleschuk, da ATB Financial

    katleho Seisa/ Getty Images
  • 4. Envolva-se com líderes inovadores

    Construir sua marca pessoal nunca deve ser apenas sobre você. Compartilhe o bom conteúdo de outras pessoas e adicione sua própria visão sobre por que é interessante ou aplicável, e faça com frequência. Isso permite que você poste algum conteúdo pessoal de forma orgânica e autêntica, sem parecer autopromoção.

    Corey Morris, da Voltage

  • 5. Defina o escopo de sua personalidade

    Defina o escopo, os limites de sua personalidade profissional. Isso ajuda a entender quem são os novos profissionais com quem trabalha, e o que eles não se sentem confortáveis ​​em discutir, tendo em mente que o objetivo final de seu conteúdo é construir liderança inovadora e aprofundar suas conexões. Depois de delinear os tópicos que eles podem discutir à vontade, crie conteúdo de alta qualidade dentro desses limites e que não pareça intrusivo.

    Melissa Kandel, do little word studio

    Westend61/ Getty Images
  • 6. Compartilhe ideias e dicas úteis

    Mídia social não se trata apenas de promover sua vida pessoal. Na verdade, os melhores perfis das redes sociais são aqueles sobre ideias. Eu sigo profissionais que fornecem conteúdos úteis ou dicas de vida/trabalho. É ótimo saber que estou recebendo essas informações de alguém que tem experiência e não promove a si mesmo no processo. Encontre uma plataforma na qual você possa compartilhar suas ideias com outras pessoas.

    Cristy Garcia, da impact.com

    Luis Alvarez/ Getty Images
  • 7. Destaque líderes inspiradores

    Crie posts em torno de líderes empresariais ou filantropos que o inspiram, principalmente aqueles que forem semelhantes a você na timidez. As pessoas escolhidas devem refletir suas opiniões e valores, e isso deixará claro o que o inspira profissionalmente. Esses posts recorrentes permitirão que você, um líder de pensamento tímido, ganhe confiança enquanto compartilha e constrói uma marca pessoal.

    Kay Midthun, da Wisconsin Reinsurance Corporation

    Getty Images
  • 8. Compartilhe visão sobre notícias

    Mídia social é em grande parte uma fonte de compartilhamento de notícias. Se um indivíduo está procurando construir sua marca pessoal, mas evita compartilhar informações privadas, ele pode procurar maneiras de compartilhar o seu conteúdo por meio de suas perspectivas sobre as notícias em destaque. Ao iniciar uma conversa sobre um tópico relevante, você pode desenvolver ao mesmo tempo sua marca pessoal e construir credibilidade como líder.

    Melissa Rivers, da Mattress Firm

    Stephen Zeigler/ Getty Images
  • 9. Foque em educar o seu público

    Concentre-se em educar seu público sobre seu negócio ou tópico técnico no qual você tem conhecimento. Seu público (ou público futuro) pode incluir suas conexões atuais, clientes-alvo, influenciadores da indústria, analistas e imprensa. Com conteúdo educacional e postagens, você pode construir sua marca sem se concentrar em nenhum tópico pessoal que não seja confortável.

    Tom Treanor, da Treasure Data

    Maskot/ Getty Images
  • 10. Compartilhe links para conteúdos interessantes

    Estava ajudando um especialista em engenharia altamente técnico que foi promovido a uma função executiva. Como parte de suas novas responsabilidades, ele tinha de se exibir nas redes sociais. Ele estava muito assustado e tímido. Eu o orientei a começar compartilhando links para artigos interessantes que ele lia online e colocando sua breve opinião no final. Ele manteve o foco nesse tipo de post e gradualmente foi se expondo mais.

    Jill Stroeder, da Canada Nickel Company

    Simon Ritzmann/ Getty Images
  • 11. Teste as postagens

    Vá pela tentativa e erro. Experimente compartilhar informações com e sem adicionar algo sobre você para ver qual delas tem mais impacto e gera mais engajamento. Se a versão mais pessoal tiver mais sucesso, esse é um argumento bastante convincente para superar sua timidez.

    Leah Schloss, do Baker McKenzie

    Tom Werner/ Getty Images
  • 12. Compartilhe conteúdo relevante para o seu setor

    Para profissionais tímidos, a melhor coisa é criar uma conta e compartilhar notícias ou conteúdo do seu setor. Não é necessário se promover ou compartilhar nada pessoal. Se for preciso, adicione um comentário sobre o motivo do compartilhamento, construindo aos poucos sua marca pessoal.

    Tracy Sestili, da Fountain

    Danilo Andjus/ Getty Images
  • 13. Foque em uma plataforma

    Eu recomendo que os profissionais “tímidos” escolham uma plataforma com a qual se sintam confortáveis ​​e se concentrem nela. É útil entender o propósito de cada uma –por exemplo, o LinkedIn é provavelmente mais apropriado do que o Instagram para construir sua marca profissional.

    Stephen Tarleton, da LogicMonitor

    Getty Images

1. Comece com pequenos passos

Comece a construir uma marca pessoal com passos pequenos e calculados. Compartilhar pensamentos de liderança e inovação em torno de tópicos de seu interesse é um bom jeito de começar uma marca pessoal que seja fiel a quem você é ao mesmo tempo que evita o compartilhamento excessivo.

Trisha Swift, da ZeOmega Population Health Solutions

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).