Reserve algumas horas para o lazer; a sua saúde mental agradece

Justin Paget/Getty Images
Justin Paget/Getty Images

Você pode – e deve – procurar reservar ao menos uns minutinhos diários para atividades que sente prazer em fazer

Todos os dias, eu visto vários chapéus de responsabilidade, pelos diversos trabalhos que lidero. Mas, diariamente, eu reservo um tempo para ler o jornal, para treinar (eu sou triatleta), para cuidar de questões pessoais, para conversar com minha mãe, que tem 95 anos e quer discutir comigo o livro recentemente lançado de Barack Obama. Se eu não tivesse reservado de forma rigorosa um tempo para o lazer, eu seria engolido pela pressão de responder de forma eficiente às coisas que me são demandadas.

Pior do que isso, é possível que eu viesse a manifestar algum distúrbio ligado ao comportamento, como insônia, angústia, ansiedade. Por quê? Porque os momentos que reservamos a nós mesmos para o lazer, para fazer coisas de que gostamos, têm um grande impacto em nossa saúde mental.

As atividades de lazer não apenas ajudam a controlar o estresse – sabemos que o estresse está ligado à piora do estado de saúde mental – como nos dão um senso de autocuidado e de equilíbrio, algo que ajuda a reduzir a ansiedade. Além, é claro, de melhorar a autoestima.

Alguns estudos mostraram que os momentos que se reservam para fazer algo em benefício próprio ajudam a acelerar a recuperação de pacientes com transtornos mentais mais graves, como depressão.

O curioso é que, quando estamos estressados ou sobrecarregados de trabalho, geralmente a primeira coisa que sacrificamos é o nosso tempo livre.

As horas de lazer são a melhor válvula de descompressão, especialmente para estes tempos ultravelozes das redes sociais, nos quais a pressão pelo sucesso é enorme e nos força a buscar sempre mais e, quando conseguimos, parece que nada mais faz sentido.

Você pode – e deve – procurar reservar ao menos uns minutinhos diários para atividades que sente prazer em fazer. Pode ser assistir a uma série, fazer pão, cuidar dos pets ou das plantas. Você já deve saber que a minha atividade favorita é o esporte e é a que mais recomendo a todos, pois além de todos os benefícios à saúde que as atividades físicas trazem, elas também geram grande bem-estar. Não é isso que tanto nos tem feito falta?

Dr. Arthur Guerra é professor da Faculdade de Medicina da USP, da Faculdade de Medicina do ABC e cofundador da Caliandra Saúde Mental.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).