Por que o Fundo DI é ideal para sua reserva de emergência

Getty Images
Getty Images

Investimento reúne em uma única cesta os produtos básicos da renda fixa

Hoje, finalmente, vou falar dele, o último produto para a reserva de emergência das mulheres independentes: o Fundo DI. E por que ele é tão especial? Porque oferece diversificação automática para os seus investimentos.

Eu comparo o Fundo DI com aquela bolsinha básica de maquiagem que a gente sempre leva na bolsa e que quebra o galho quando surge um compromisso ou emergência de última hora.

O Fundo DI é um fundo de investimento que reúne em uma única cesta os produtos básicos da renda fixa, aqueles que são fundamentais para a sua reserva e independência financeira.

E por que ele tem esse nome? A meta dos fundos é acompanhar a rentabilidade da taxa DI, que é a mesma coisa que o CDI.

A B3 tem uma calculadora super legal e fácil de usar para simular o rendimento dos investimentos conforme a taxa DI.

Tudo sobre os Fundos DI

A primeira etapa é entender quais são os ativos que estão dentro do Fundo DI. O fundo precisa investir, no mínimo, 95% da carteira no Tesouro Selic.

Você pode se perguntar: se o fundo é composto por 95% de Tesouro Selic, por que investir com o fundo, e não diretamente no título público?

Obviamente, você é uma mulher livre e pode aplicar o seu dinheiro como quiser, mas os outros 5% do fundo DI podem ser investidos em títulos da renda fixa privada, como CDBs, LCIs e LCAs.

Logo, em uma mesma aplicação, você consegue diversificar melhor e pode conseguir ganhos acima da taxa DI.

Avalie bem o fundo antes de investir

Não se empolgue, não invista todo o seu dinheiro em fundos DI. O fundo normalmente cobra uma taxa de administração, mas, no contexto atual da taxa básica de juros a 2,25% a.a., essa cobrança não pode ser feita para lhe garantir alguma rentabilidade.

É possível encontrar um fundo DI com essas características? Com certeza. Existem no mercado fundos isentos de taxa de administração e são esses que podem ajudá-la a ser dona do seu futuro mais depressa.

Além da taxa baixinha, só serve para você fundos com rentabilidade de, no mínimo, 100% do CDI. Um fundo com menos que isso não merece o seu dinheiro.

Qual fundo DI é bom para a reserva de emergência?

Aqueles que tenham liquidez diária ou de, no máximo 1 dia útil. Lembra que você precisa ter liquidez para a reserva de emergência? Se você não pode transformar o seu investimento em dinheiro com rapidez, não serve para a reserva.

Agora dica importante: para investir em um fundo DI, você deve ter conta em uma corretora de valores. Dependendo da corretora, há fundos DI com aplicação mínima de R$ 10. Então, é possível, sim, começar a investir com diversificação, pouco dinheiro e, assim, construir passo a passo a sua reserva de emergência.

Vamos resumir tudo?

Hoje eu falei sobre os fundos DI, aquela cesta de investimentos da renda fixa.

Um bom fundo DI rende hoje, pelo menos, 100% do CDI, não tem taxa de administração e, para a sua reserva de emergência, precisa ter liquidez de até 1 dia útil.

Se você encontrou um fundo legal, invista nele todos os meses. Investindo mensalmente 20% do seu custo de vida, você terá a sua reserva de emergência e poderá construir um futuro com liberdade e independência.

Não dá para guardar os 20% agora? Comece com 5% e, gradualmente, aumente. Dar o primeiro passo é o mais importante.

Francine Mendes é educadora financeira para mulheres, economista pela Universidade Federal de Santa Catarina, com mestrado em psicanálise do consumo pela Universidade Kennedy. Apresentadora do canal Mary Poupe, no YouTube, e comunicadora na RiCTV Record.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).