Balanços e nova fase de negociação para estímulo nos EUA impulsionam bolsas globais

Witthaya Prasongsin/GettyImages
Witthaya Prasongsin/GettyImages

Na Ásia, apenas o Shangai Composite encerrou o dia no vermelho, com realização de lucros nos papéis de consumo e saúde

Os futuros dos principais índices acionários de Wall Street operam em alta na manhã desta sexta-feira (23), após um debate presidencial mais civilizado realizado na noite de ontem entre os candidatos à Casa Branca. Às 7:09, horário de Brasília, o Dow Jones subia 0,25%, o S&P 500 tinha ganhos de 0,17% e o Nasdaq futuro avançava 0,06%.

O mercado acompanha com grande expectativa as negociações para um novo pacote de estímulo fiscal nos EUA. Ontem, o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, afirmou que as negociações com os parlamentares em torno de um pacote de alívio ao coronavírus, agora totalizando US$ 1,9 trilhão, entraram em uma nova fase e os presidentes de comitês do Congresso se reunem agora para discutir termos técnicos. Meadows reiterou que o presidente Donald Trump está disposto a “ir além” em um acordo do projeto para impulsionar certos pontos, citando pagamentos diretos às famílias.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A ajuda é vista como crucial para a recuperação da economia norte-americana frente ao avanço do coronavírus às vésperas do inverno no país. Além do impasse, os investidores trabalham com cautela frente à proximidade das eleições presidenciais, marcadas para 3 de novembro. Mais de um terço dos eleitores que participaram do pleito em 2016 já enviaram suas cédulas de votação pelo correio neste ano, indicando o comparecimento às urnas será recorde.

Na Europa, as Bolsas trabalham no campo positivo após uma semana de fortes perdas na região, impulsionadas por resultados positivos nos balanços financeiros. O banco Barclays divulgou lucro líquido de 797,7 milhões, acima das expectativas do merado. O FTSE 100 avançava 1,42% também às 7:09, seguido por ganhos de 0,70% no DAX, valorização de 1,04% no CAC 40, além de altas de 0,71% e 0,99% no Stoxx 600 e FTSE MIB, respectivamente.

Na Ásia, apenas o Shangai Composite encerrou o dia no vermelho, com queda 1,04% com investidores realizando lucros nos papéis de consumo e saúde. Na semana, o principal índice do mercado chinês acumula recuo de 1,8%. O Nikkei 225 encerrou o dia ganhando 0,18%, o Hang Sang subiu 0,54% e o BSE Sensex teve alta de 0,31 na sessão. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).