Fundos de hedge de criptomoedas acumulam ganhos

EyeEm / GettyImages
EyeEm / GettyImages

Aumento de mais de 80% do bitcoin este ano também ajudou a impulsionar os fundos de hedge

Fundos de hedge de criptomoedas registraram ganhos substanciais até agora em 2020, beneficiando-se do aumento nas transações que permitem que credores e tomadores de crédito façam transações sem bancos, além do aumento no preço do bitcoin.

O índice de hedge de cripto lançado em setembro de 2018 pelo fundo de fundos Vision Hill mostra alta de 126% em 2020.

O surgimento de finanças descentralizadas, ou DeFi, que usam plataformas de criptomoedas que facilitam empréstimos fora dos bancos tradicionais, foi o cerne do desempenho robusto dos fundos de criptomoedas este ano, disse Scott Army, fundador e diretor executivo da Vision Hill.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O total de empréstimos nas plataformas foi de US$ 11,1 bilhões ontem (29), segundo dados do site da indústria DeFi Pulse, alta de 180% ante os quase US$ 4 bilhões em agosto. Os sites DeFi funcionam em infraestrutura aberta, com algoritmos que definem taxas em tempo real com base na oferta e na demanda.

O aumento de mais de 80% do bitcoin este ano também ajudou a impulsionar os fundos de hedge, pois gerou altas no mercado de criptomoedas.

Terry Culver, presidente da Digital Finance, disse que o mercado amadureceu. “Não é tão especulativo como era há três ou quatro anos.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).