Ação da Natura tem novo dia de queda após polêmica no Instagram

Amanda Perobelli/ Reuters
Amanda Perobelli/ Reuters

Ontem (1), a Natura perdeu R$ 2,5 bi em valor de mercado

Os papéis da Natura &Co (NTCO3) operam mais um dia em queda na B3 com investidores repercutindo uma polêmica originada no Instagram no fim de semana. Às 14h30, horário de Brasília, a ação da companhia recuava 0,16% a R$ 49,02. Ontem, a cotação recuou 2,60% em função da disputa no ambiente digital, somando perda de R$ 2,5 bilhões em valor de mercado.

No domingo, o influenciador Raiam Santos, utilizou seu perfil no Instagram com 1,5 milhão de seguidores para questionar o investimento da Natura na Singu, empresa de delivery de serviços de cosméticos e bem-estar. Na publicação, ele escreveu: “Por que a Natura compraria uma empresa cujo patrimônio líquido contábil é de R$ 15 milhões negativos?”.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Santos também questiona o motivo da Natura não informar ao mercado a relação de Guilherme Peirão Leal, copresidente do conselho de administração da Natura, com de Matheus Farah Leal, um dos investidores da Singu. Peirão casou-se em 2015 com Samira Farah, mãe de Matheus Farah.

Em agosto, Tallis Gomes, criador da Singu, anunciou o investimento da Natura na empresa. O valor do aporte é desconhecido. Desde domingo, o empresário discute com o influencer na rede social.

Em nota, a Natura confirmou o investimento na Singu e esclareceu que “o aporte tem o objetivo de acelerar e ampliar a oferta de serviços das consultoras de beleza”. Além disso, a empresa informou que a Singu tem mais de 30 investidores, entre eles Matheus Faral Leal, mas que o executivo não participou da negociação entre as empresas, “assim, não podendo ser beneficiado”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).