Como começar um novo empreendimento durante a crise de Covid-19

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Embora seja um período de incertezas, esse pode ser o momento ideal para colocar em prática planos de novos negócios

Segundo um estudo conduzido pela ONG norte-americana National Bureau of Economic Research, a pandemia Covid-19 teve um grande impacto na economia, com mais de 100 mil pequenas empresas fechando permanentemente suas portas no país. Apesar das estatísticas, o aumento de novos negócios nos Estados Unidos atingiu um pico nunca visto nos últimos 13 anos, conforme foi mostrado em dados do Departamento do Censo dos Estados Unidos pelo “Wall Street Journal”.

O que está inspirando esses corajosos empreendedores a iniciar um negócio em um momento tão incerto? Uma pesquisa revela que 27% desses novos fundadores foram demitidos ​​de seus empregos, enquanto 51% identificaram uma oportunidade de negócio única e decidiram investir. Levando em conta que as recessões são tempos de grandes necessidades e os momentos de crise inspiram inovação, este pode ser um ótimo momento para começar um negócio por conta própria.

VEJA TAMBÉM: EXCLUSIVO: Pesquisa revela quatro perfis de liderança que se destacaram durante a pandemia

“Embora existam desafios, existem também oportunidades para lançar um novo negócio”, afirma Jeremy Shoykhet, fundador do serviço de entrega SuperFast de Nova York. Desde 2007, esse é o período em que os pedidos de novos negócios mais cresceram. “Este é um momento histórico para identificar novas oportunidades de negócios e transformar a forma como você opera”, completa Van Goodwin, fundador e diretor administrativo da Van Allen Strategies.” A disponibilidade de assistência financeira está em um pico histórico, assim como a disponibilidade de mão de obra. Clientes, funcionários e parceiros estão ávidos por novas ideias e abertos a mudanças. Tire vantagem disso. Este é um período economicamente difícil, mas também uma oportunidade única de reinventar o seu negócio.

Veja na galeria a seguir algumas dicas que irão prepará-lo para iniciar um negócio durante o ambiente econômico atual e transformar incertezas em oportunidades:

  • Determine seu “porquê”

    O primeiro passo é pensar por que você quer começar um negócio. Você é apaixonado por um determinado produto ou serviço? Você quer fazer a diferença na sua comunidade? Ou talvez você esteja finalmente pronto para ser seu próprio chefe após sua última experiência corporativa. O seu “porquê” é extremamente importante. Porque se não for atraente o suficiente, você não será capaz de resistir aos altos e baixos do empreendedorismo. Depois de entender tudo isso, você pode começar a identificar o que seus clientes querem e definir metas claras para o seu negócio.

    Getty Images
  • Supra uma necessidade de mercado

    Os hábitos dos consumidores mudaram drasticamente durante o último ano, portanto, considere como seu produto ou serviço se encaixa no novo estilo de vida pandêmico. Exemplos de indústrias que prosperaram durante a pandemia incluem serviços de limpeza e entrega, equipamentos de ginástica, reforma da casa e saúde comportamental. Além disso, a pandemia viu uma explosão na indústria de animais de estimação. Pense no que os consumidores precisam agora e trabalhe para atender essa necessidade.

    Getty Images
  • Foco em marketing digital

    Uma estratégia de marketing digital robusta pode ajudar a fortalecer seu novo negócio durante esse momento. Com a limitação das oportunidades para atender os clientes pessoalmente, é importante se concentrar em como alcançar as pessoas de forma eficaz por meio de plataformas digitais. Anna-Vija McClain, fundadora e CEO da Piccolo Marketing, recomenda manter a comunicação direta com os clientes e mostrar empatia em suas mensagens. “Pergunte como eles estão e realmente ouça a resposta”, recomenda Anna. “Quais são as principais dificuldades e como seus problemas mudaram? Sua mensagem precisa mostrar que vocês estão juntos e seu comportamento precisa confirmar isso.” Otimizar o seu marketing digital e tornar a comunicação informativa uma prática regular, facilita o contato entre os clientes e a empresa.

    Getty Images
  • Alavanque seus contatos

    Este é o momento de alavancar suas redes pessoais e profissionais para ajudar na sua divulgação. Seja criativo. Use ao máximo redes sociais como Twitter, Facebook, LinkedIn, Instagram. Fale com seus contatos para ver se alguém estaria interessado em pré-encomendar seu produto. Isso lhe dará um feedback inicial valioso sobre preços e demanda potencial. Crie “grupos de foco” informais com seu público-alvo para determinar necessidades e pontos problemáticos. Você também pode aproveitar as vantagens das ferramentas de pesquisa online, como o SurveyMonkey, para solicitar feedback. A melhor estratégia é testar sua ideia de uma forma simples e barata que lhe dê uma boa indicação se os clientes precisam do seu produto e quanto eles estão dispostos a pagar por ele.

    Getty Images
  • Crie um plano de negócios forte

    Adaptar seu modelo de negócios à situação atual é fundamental. Isso inclui ficar de olho nas despesas para evitar gastos excessivos. Economize de seis meses a um ano, caso o negócio não apresente o desempenho inicial esperado. Aproveite as oportunidades de assistências local, estadual e governamental disponíveis. Revise cuidadosamente cada fornecedor e cada contrato e negocie os termos de pagamento para estender o fluxo de caixa. Discutir concessões com parceiros pode ser extremamente útil durante esse período. E a boa notícia é que a maioria dos fornecedores será flexível –especialmente se pretendem estabelecer um relacionamento de longo prazo. Por fim, uma das melhores maneiras de proteger seu plano de negócios é diversificar. Comece pequeno, amplie suas ofertas com o tempo e tenha uma lista contínua de ideias de expansão.

    Getty Images

Determine seu “porquê”

O primeiro passo é pensar por que você quer começar um negócio. Você é apaixonado por um determinado produto ou serviço? Você quer fazer a diferença na sua comunidade? Ou talvez você esteja finalmente pronto para ser seu próprio chefe após sua última experiência corporativa. O seu “porquê” é extremamente importante. Porque se não for atraente o suficiente, você não será capaz de resistir aos altos e baixos do empreendedorismo. Depois de entender tudo isso, você pode começar a identificar o que seus clientes querem e definir metas claras para o seu negócio.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).