Com exterior positivo, Ibovespa fecha em alta e ganha 4,5% na semana

O Ibovespa terminou o dia no azul, acompanhando o otimismo nos mercados globais e o alívio no cenário doméstico após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que pretende enviar um projeto de lei ao Congresso para alterar a cobrança do ICMS sobre os combustíveis, sem interferir na política de preços da Petrobras. Na sessão, o índice brasileiro ganhou 0,82% aos 120.240 pontos, acumulando ganho semanal de 4,5%.

“Nós pretendemos é ultimar um estudo e caso seja viável, seja juridicamente possível, nós apresentaremos ainda na próxima semana um projeto fazendo com que o ICMS venha incidir sobre o preço do combustível nas refinarias ou um valor fixo para o álcool, a gasolina e o diesel”, disse Bolsonaro.

Os investidores seguem atentos ainda à situação das contas públicas do país, que há meses é citada como fator de preocupação em meio a um Orçamento apertado para 2021 e uma dívida pública em patamar recorde.

“O investidor segue em compasso de espera, e a questão fiscal é o principal ponto” de atenção, disse em entrevista à agência Reuters João Manuel Campanelli, COO do Travelex Bank, destacando o debate em torno de mais medidas de auxílio às famílias brasileiras afetadas pela crise aberta pela pandemia, um dos principais motivos de cautela dos mercados.

Os novos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), comprometeram-se nesta semana a avaliar uma forma de retomar o auxílio emergencial com respeito ao teto de gastos.

Em Wall Street, S&P 500 e o Nasdaq Composite registraram os maiores ganhos semanais desde o início de novembro, avançando 4,6% e 6%, respectivamente, no acumulado de cinco dias. Hoje, o Senado dos EUA votou uma moção que abre caminho para a aprovação do pacote de US$ 1,9 trilhão do presidente Joe Biden. A medida permite que o estímulo seja votado por maioria simples, sem o apoio da oposição republicana. O pacote é considerado pelo mercado essencial para a recuperação da economia dos EUA, que já apresenta sinais de retomada, segundo dados do mercado de trabalho divulgados nos últimos dias.

O relatório sobre o mercado de trabalho payroll divulgado nesta manhã revelou que os EUA conseguiram criar 49 mil empregos em janeiro, apesar dos impactos da segunda do coronavírus no inverno do país. O resultado diminui a taxa de desemprego para 6,3%, contra 6,7% observados em dezembro.

No fechamento de hoje, o Dow Jones subiu 0,30% aos 31.148 pontos, o S&P 500 avançou 0,39% aos 3.886 pontos e o Nasdaq Composite teve alta de 0,57% aos 13.856 pontos.

A perspectiva de novos estímulos à economia dos EUA derrubou o dólar na sessão, com moedas emergentes, como o real e o peso mexicano, ampliando os ganhos. A divisa norte-americana terminou em queda de 1,21% a R$ 5,38 na venda. Na semana, o tombo é de 1,6% e, no ano, o dólar sobe 3,7% contra o real. (Com Reuters)

DESTAQUES DO IBOVESPA

Maiores Altas
CSNA3: +7,36% a R$ 33,39
USIM5: +4,41% a R$ 13,73
GGBR4: +4,36% a R$ 24,20
VALE3: +3,81% a R$ 92,69
GOAU4: +3,77% a R$ 11,02

Maiores Baixas
IRBR3: -2,95% a R$ 6,91
BTOW3: -2,12% a R$ 84,51
BRKM5: -1,85% a R$ 29,16
LCAM3: -1,57% a R$ 27,62
CYRE3: -1,51% a R$ 27,44

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).