Em recuperação, Ibovespa sobe 1% e Petrobras dispara 7% na abertura do pregão

O Ibovespa opera em alta na abertura de hoje (23), ganhando 1,28% aos 114.112 pontos às 10h19, horário de Brasília, em recuperação após o tombo de quase 5% da véspera, quando o índice foi pressionado pelas quedas nas ações da Petrobras (PETR3 -20,48%) e (PETR4 -21,51%). A correção também é observada nos papéis da petroleira, que sobem quase 7% nos primeiros negócios da sessão.

A indicação de troca de comando na estatal -com substituição do economista Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Luna e Silva- levou a Petrobras a perder apenas ontem quase R$ 75 milhões em valor de mercado e, em dois dias, quase R$ 100 milhões. De acordo com o estrategista da Genial Investimentos, Filipe Villegas, considerando as três principais estatais brasileiras (Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras) o declínio no valor de mercado em dois dias somou R$ 113,2 bilhões no fechamento de ontem.

Ontem, a Justiça Federal de Minas Gerais determinou que o presidente Jair Bolsonaro e a Petrobras têm 72 horas para explicar os motivos que levaram à troca do comando da empresa. A decisão foi tomada em análise de uma ação popular que pede à Justiça liminar impedindo a transição na diretoria da petroleira. O juiz federal André Prado de Vasconcelos decidiu que, antes de analisar o pedido, quer ouvir as partes envolvidas.

Além de pesar sobre as ações da Petrobras e, consequentemente, sobre o Ibovespa, a intervenção na Petrobras fez o dólar disparar para R$ 5,45 no fechamento de ontem. O rally foi contido após intervenção do Banco Central com a venda de US$ 1 bilhão em novos contratos de swap cambial tradicional. Na manhã de hoje, o dólar registrava leve queda contra o real, perdendo 0,16% e negociado a R$ 5,44 na venda.

Também na pauta do dia, os investidores seguem atentos ao trâmite da PEC Emergencial no Congresso. Hoje, o senador Marcio Bittar (MDB-AC) entrega o seu parecer final sobre a matéria. A proposta deve permitir o pagamento de auxílio residual no valor de R$ 250 pelo período de quatro meses, com impacto próximo de R$ 40 bilhões. A votação do texto está prevista para a quinta (25).

Em Wall Street, a correção nas ações de tecnologia segue a todo vapor, com os futuros do Nasdaq declinando 1,63% às 10h19, horário de Brasília. No pregão de ontem, o Nasdaq Composite terminou o dia em queda de 2,46% aos 13.533 pontos. As perspectivas de inflação nos EUA e os melhores rendimentos da dívida pública norte-americana seguem pressionando as ações de crescimento e dão fôlego à rotação de carteiras em Nova York.

Nesta terça, os investidores voltam suas atenções ao chair do Federal Reserve (Banco Central dos EUA), Jerome Powell, que apresenta no Senado o relatório semianual de politica monetária. A crescente probabilidade do Congresso aprovar o plano de estímulo de US$ 1,9 trilhão do presidente Joe Biden levanta preocupações sobre um possível aumento da inflação e superaquecimento nos mercados de ativos, mas a mensagem de Powell para os parlamentares provavelmente será familiar: não tirem o pé do acelerador.

Mesmo com os norte-americanos sendo vacinados a uma taxa de mais de 1,5 milhão por dia e o número de casos de coronavírus caindo, Powell e seus colegas do Fed estão focados nos quase 10 milhões de empregos perdidos na economia no último ano e os potencial de riscos ainda apresentados pelo vírus.

O Fed se comprometeu manter os juros baixos e usar outras ferramentas de política monetária para acelerar a recuperação do mercado de trabalho dos EUA. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).