Ibovespa descola do exterior e opera em queda com fiscal no radar

O Ibovespa opera queda de -0,45% com 119.699 pontos, indo na contramão o viés positivo nos mercados globais com o avanço das vacinações e expectativas de recuperação econômica. Ao redor do mundo, mais de 131 milhões de pessoas já foram vacinadas em 73 países, segundo dados coletados pela agência Bloomberg. No Brasil, já são mais 3 milhões de pessoas vacinadas contra a Covid-19.

No cenário doméstico, o mercado acompanha nesta semana a discussão de uma nova rodada de pagamentos no valor de R$ 200 para os brasileiros mais atingidos pela crise. Até o momento, não foi definido quantos serão os beneficiários. No entanto, os jovens que tiverem o auxílio terão que oferecer em contra partida a participação em cursos nas empresas, denominado pelo Ministro Paulo Guedes: como “On the Job Training” – Treinamento no Trabalho.

No exterior, a perspectiva de aprovação do pacote econômico de US$ 1,9 trilhão do presidente Joe Biden segue impulsionando Wall Street. O Senado norte-americano se encontrou em um empate de 50 x 50, de acordo com linhas partidárias, em relação à aprovação do plano orçamentário. O impasse foi quebrado pela vice-presidente Kamala Harris, cujo “sim” deu a vitória aos democratas.

Foi um “gigantesco primeiro passo” para passar o tipo de lei de auxílio abrangente que Biden colocou no topo da sua agenda legislativa, afirmou o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer.

Pouco antes da votação final, democratas testaram sua força ao oferecer uma emenda revertendo três votações anteriores que os republicanos haviam vencido. Elas usavam a batalha por auxílio contra os efeitos do coronavírus para expressar apoio ao oleoduto da Keystone XL, entre Canadá e Estados Unidos, que Biden bloqueou, e a um fraturamento hidráulico para extrair óleo e gás natural do solo.

O dólar começa a semana em alta contra o real, seguindo o desempenho da divisa norte-americana contra seus principais pares no exterior, em segunda-feira marcada por esperanças de mais estímulos nos Estados Unidos. A moeda avançava 0,36%, a R$ 5,40 na venda, enquanto o principal contrato de dólar futuro tinha alta de 0,59%, a R$ 5,40

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O mercado voltou a ver inflação mais elevada neste ano ao mesmo tempo em que reduziu a perspectiva de crescimento de crescimento da economia brasileira, de acordo com a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta quinta-feira.

O levantamento semanal mostrou que a projeção para a alta do IPCA em 2021 subiu pela quinta semana seguida, chegando a 3,60%, de 3,53% na semana anterior. Para 2022 a estimativa diminuiu em 0,01 ponto percentual, a 3,49%.

O centro da meta oficial para a inflação em 2021 é de 3,75% e para 2022 é de 3,50%, sempre com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento em 2021 caiu a 3,47%, de 3,50% no levantamento anterior, permanecendo em 2,50% para o ano que vem.

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).