Ibovespa sobe apoiado no exterior e com otimismo na agenda econômica

O Ibovespa abre em alta nesta quarta-feira (3), avançando 0,50% aos 118.826 pontos nos primeiros negócios, acompanhando o exterior positivo que se recupera à medida em que diminui a volatilidade nos ativos globais. No plano doméstico, os investidores repercutem também nesta manhã a divulgação da agenda do Congresso.

Os novos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), comprometeram-se hoje a avaliar uma forma de retomar o auxílio emergencial, respeitando o teto de gastos.

Em declaração conjunta, os parlamentares colocaram a retomada de uma forma de auxílio, adotado como um alívio financeiro a milhares de brasileiros durante a pandemia de Covid-19, mas que terminou em dezembro, e a garantia de acesso às vacinas contra a doença entre as prioridades dos seus mandados frente às duas Casas.

Além disso, Pacheco e Lira colocaram as reformas tributária, administrativa, e as proposta de emenda à Constituição (PECs) do pacto federativo e a dos fundos públicos entre as prioridades do Congresso, para que a tramitação das propostas seja acelerada.

O dólar opera em leve queda ante o real nesta quarta-feira, recuando 0,22% a R$ 5,34 na venda, refletindo o clima mais tranquilo nos mercados internacionais, com os investidores domésticos ainda em busca de sinais sobre como será o ritmo da agenda de reformas do governo sob as novas presidências da Câmara e do Senado e de olho nas perspectivas para as contas públicas do Brasil.

Segundo Mauro Morelli, estrategista da Davos Investimentos, o comportamento desta manhã era reflexo do pregão da véspera, quando a moeda norte-americana à vista teve baixa de 1,73%, a R$ 5,35 na venda.

“A volatilidade da semana passada deixou o mercado avesso a risco”, explicou, referindo-se a um frenesi do trading de varejo que recentemente impulsionou ativos extremamente vendidos, como as ações da GameStop e a prata, mas já perdeu força. Agora,”o mercado se acalmou e foi para um cenário mais ‘risk-on'”, explica, embora o dólar possa apresentar ajustes contra o real depois da forte queda da véspera.

O índice do dólar contra uma cesta de rivais apresentava leve alta de 0,1% nesta manhã. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).