Forbes Radar: CSN, Apple, Lojas Americanas e outros destaques corporativos

No Forbes Radar de hoje (29), empresas apresentam resultados operacionais do 1º trimestre de 2021. A CSN registrou lucro líquido de aproximadamente R$ 5,7 bilhões no primeiro trimestre, revertendo desempenho negativo de R$ 1,3 bilhão apurado a um ano. Enquanto o Facebook teve lucro líquido de US$ 9,5 bilhões ou de US$ 3,3 por ação, ante os US$ 4,9 bilhões, ou os US$ 1,71 por papel, referente ao mesmo período do ano passado e a Kepler Weber ficou com lucro líquido de R$ 17,2 milhões, 96,7% superior aos R$ 8,7 milhões registrado nos três primeiros meses de 2021.

Nesta quinta-feira também começa o período de reserva de ações da GetNinjas que está com o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 24,90 e R$ 33,50 e da Athena Saúde que determinou o intervalo entre R$ 18,35 e R$ 23,12.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

CSN (CSNA3)

A CSN teve lucro líquido de cerca de R$ 5,7 bilhões no primeiro trimestre, revertendo desempenho negativo de R$ 1,3 bilhão apurado um ano antes em meio à combinação de ganho de recursos com o IPO de sua unidade de mineração e melhor desempenho operacional que tem sido guiado por melhora na demanda de aço no Brasil.

A companhia, que obteve um ganho líquido no IPO da CSN Mineração de cerca de R$ 2,5 bilhões em meados de fevereiro, teve uma geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado recorde de R$ 5,8 bilhões. O montante equivale a um crescimento de mais de 4 vezes em relação ao desempenho do primeiro trimestre de 2020.

Com isso, a alavancagem da companhia, que já foi uma grande preocupação de investidores, terminou março em 1,29 vez, bem abaixo das 4,78 vezes de um ano antes e menor que as 2,23 vezes do final de 2020.

A CSN afirmou que no trimestre reduziu a dívida líquida em mais de R$ 5 bilhões por meio de operações que incluíram antecipação de R$ 1,3 bilhão em amortizações previstas para outubro e janeiro de 2022. A companhia também recomprou quase R$ 400 milhões em debêntures antecipando parte de vencimentos deste ano a 2023.

No primeiro trimestre, a CSN elevou as vendas de aço em 16%, para 1,32 milhão de toneladas e as vendas de minério de ferro avançaram 47%, para 8,23 milhões de toneladas. A receita líquida consolidada disparou a R$ 11,9 bilhões, mais que o dobro do faturamento de um ano antes.

O avanço nas vendas de aço veio junto com incremento nos preços da liga, cujo preço médio no trimestre no Brasil subiu 25,8% sobre o quarto trimestre, segundo o balanço. O custo de placa, porém, subiu menos no período, 17,7%, para R$ 2.822 por tonelada.

Já na mineração, a receita líquida unitária subiu 26,5% sobre o final de 2020, para US$ 121,8 a tonelada.

Ao mesmo tempo, o conselho de administração da CSN Mineração informou que a empresa irá tomar as medidas necessárias para realizar a oferta pública inicial de ações de emissão da CSN Cimentos, bem como a contratação dos assessores jurídicos e financeiros.

Apple (AAPL34)

A Apple divulgou o resultado trimestral acima do esperado e anunciou um programa de recompra de US$ 90 bilhões em ações. A empresa registrou lucro líquido de US$ 23,5 bilhões no primeiro trimestre de 2021, 115% acima dos US$ 11 bilhões do ano anterior.

As vendas da companhia na China quase dobraram e os resultados superaram as previsões de analistas em todas as categorias de produtos. As vendas de iPhones ficaram US$ 6,5 bilhões acima do previsto, enquanto as de computadores foram cerca de um terço maiores que o esperado.

O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, afirmou que a companhia está vendo a chegada da recuperação da economia. “Eu creio que os Estados Unidos serão muito fortes. Certamente, todas as indicações que vejo são muito positivas para a economia dos EUA”, disse Cook.

Os resultados vieram apesar da crise global de fornecimento de semicondutores, que atingiu grandes montadoras de veículos, mas parece ter deixado a Apple ilesa. “Não houve uma questão material sobre nossos resultados por causa da oferta de componentes”, disse Cook.

A receita do segundo trimestre fiscal da Apple encerrado em 27 de março somou US$ 89,6 bilhões e o lucro foi de US$ 1,40 por ação. A estimativa média do mercado era de faturamento de US$ 77,4 bilhões e lucro de US$ 0,99 por papel, segundo dados da Refinitiv. As ações da companhia subiram 3% no pregão estendido.

A Apple também anunciou hoje (29) um aumento de 7% no dividendo, para US$ 0,22 por ação, um centavo acima das expectativas, seguindo de um programa de recompra de US$ 90 bilhões em ações. Na véspera, a Alphabet anunciou recompra de US$ 50 bilhões.

Facebook (FBOK34)

O Facebook superou as expectativas de receita para o primeiro trimestre, impulsionado pelos maiores investimentos em publicidade online como consequência do isolamento social.

A receita total da companhia, que consiste principalmente na venda de anúncios, subiu para US$ 26,17 bilhões no primeiro trimestre, superando a expectativa média de US$ 23,67 bilhões de analistas, segundo dados da Refinitiv.

O lucro líquido foi de US$ 9,5 bilhões ou de US$ 3,3 por ação, ante os US$ 4,9 bilhões, ou os US$ 1,71 por papel, referente ao mesmo período do ano passado. Analistas esperavam, em média, lucro de US$ 2,37 por ação.

Kepler Weber (KEPL3)

A Kepler Weber informou lucro líquido da empresa foi de R$ 17,2 milhões, 96,7% superior aos R$ 8,7 milhões registrados em igual intervalo do ano passado.

O Ebitda cresceu 88,1%, para R$ 32,9 milhões. Já a receita líquida da companhia atingiu R$ 236,2 milhões no primeiro trimestre, com aumento de 85,3% em relação ao mesmo período de 2020.

Em entrevista ao Valor, Piero Abbondi, presidente da Kepler Weber, declarou que “o primeiro trimestre foi uma continuidade do segundo semestre do ano passado, quando, apesar da covid-19, os preços das commodities se mantiveram firmes, a demanda internacional continuou alta e o câmbio foi favorável.”

Odontoprev (ODPV3)

A Odontoprev registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 108,7 milhões no primeiro trimestre, alta de 44,5% em relação ao mesmo período de 2020.

O Ebitda ajustado foi de R$ 160 milhões no 1º trimestre, alta de 42,4% no comparativo trimestral.

A Odontoprev também informou que irá destinar o montante de R$ 95,8 milhões, correspondendo a R$ 0,181019 por ação, para o pagamento de dividendos em 6 de julho. A partir de 20 de maio, os papéis serão negociados como “ex”.

B2W (BTOW3) e Lojas Americanas (LAME4)

Os conselhos de administração da Lojas Americanas e de sua controlada B2W aprovaram proposta de fusão das operações das companhias sob o comando da empresa de comércio eletrônico, segundo comunicados enviados ao mercado.

A relação de troca da proposta é que o acionista de Lojas Americanas, titular de 1 ação ordinária ou de 1 ação preferencial, receba como resultado da incorporação 0,18 ação ordinárias da B2W. Com isso, a B2W vai emitir 39.355.391 ações ordinárias para os acionistas da Lojas Americanas. O custo da operação será de R$ 98 milhões e as companhias juntas terão valor de mercado de R$ 77 bilhões.

Segundo as empresas, o acervo cindido da Lojas Americanas a ser incorporado pela B2W vale, pelo menos, R$ 6,27 bilhões.

O protocolo de justificativa da operação cita que laudo de avaliação preparado pela Apsis calculou que a relação de troca com base no acervo a ser cindido de Lojas Americanas seria de cerca de 0,134 ação ordinária da B2W por cada papel da controladora. “Não há que se falar, portanto, em direito de recesso para os acionistas de Lojas Americanas dissidentes”, afirma o documento.

As empresas anunciaram em meados de fevereiro que estudavam uma combinação de suas operações no momento em que os impactos das medidas de isolamento social catapultaram o comércio eletrônico no país.

A B2W é atualmente controlada pela Lojas Americanas em 62,5%. A companhia possui alguns dos principais sites de comércio eletrônico do país, como Submarino e Americanas.com, além de uma relevante operação digital de pagamentos, a Ame.

Ambas as companhias já vinham há meses anunciando parcerias entre si para a criação do chamado omnichannel, em que clientes podem fazer compras pela internet e optarem pela retirada de produtos em lojas físicas ou usarem infraestrutura de lojas como pequenos centros de armazenagem de produtos.

Segundo comunicados ao mercado, todos os ativos operacionais e passivos de Lojas Americanas alvo do acordo, que incluem terrenos e benfeitorias, serão vertidos para a B2W, que terá o nome trocado para Americanas SA.

As companhias informaram que a proposta prevê que a Lojas Americanas permanecerá existindo por meio do controle da B2W. As ações de ambas as empresas seguirão listadas em seus respectivos segmentos na B3.

“Uma vez aprovada a cisão parcial, 100% das atividades operacionais das companhias passarão a ser desenvolvidas diretamente pela B2W”, afirmaram as empresas.

Entre os objetivos da operação, as empresas destacam que a companhia combinada criará “um motor de fusões e aquisições ainda mais poderoso para avaliar, negociar e integrar novas aquisições“.

Juntas, as empresas possuem uma rede de cerca de 1.700 lojas físicas em 750 cidades do país e um marketplace online com mais de 87 mil vendedores.

Cemig (CMIG4)

A elétrica Cemig espera obter cerca de R$ 9 bilhões com a realização de desinvestimentos ao longo dos próximos cinco anos, disse o presidente da companhia, Reynaldo Passanezi, durante evento online com investidores.

“Como é M&A (fusões e aquisições), é muito difícil saber quando exatamente você vai realizar alguns dos negócios, mas a ideia é de fato fazer os desinvestimentos dos ativos que não são o ‘core’ da companhia”, afirmou o executivo.

Ele disse que entre ativos que devem ser negociados estão a participação da Cemig na Aliança, uma joint venture em geração com a mineradora Vale, além das fatias da empresa nas hidrelétricas de Belo Monte e Santo Antônio e na empresa de geração limpa Renova.

Ainda no evento, a elétrica afirmou que está se preparando para realizar um IPO (Oferta Pública Inicial) de sua unidade de distribuição de gás canalizado Gasmig. Em meio à listagem, a Cemig deverá vender parte de suas ações na empresa de gás, disse o diretor financeiro, Leonardo George de Magalhães, sem dar detalhes sobre o cronograma estimado para a operação.

“Estamos considerando que a gente faria a alienação de 25% da Gasmig através do processo de IPO”, disse o executivo durante o evento.

A estatal mineira informou também que planeja investir cerca de R$ 22,5 bilhões nos próximos cinco anos para reforço e expansão de seus negócios atuais e em novas oportunidades. O orçamento da companhia inclui R$ 4,5 bilhões para crescimento em geração, por meio principalmente de projetos eólicos e solares, com um objetivo de adicionar 1 gigawatt em capacidade instalada no período.

BRF (BRFS3)

A BRF recebeu habilitação da África do Sul para duas novas unidades da companhia e poderá exportar carne de frango da planta de Lajeado (RS) e de suínos de Lucas do Rio Verde (MT).

Com as aprovações, a BRF passa a ter 20 unidades habilitadas para exportar ao país africano, que é o quarto maior comprador da proteína de aves do Brasil e 14º de suínos, em ascensão.

A companhia destacou em comunicado que a unidade de Lucas do Rio Verde já era habilitada para embarcar frangos e agora terá mais uma opção de produto para venda.

“Com cerca de 60 milhões de habitantes, a África do Sul apresenta a mais alta renda per capita em seu continente, sendo considerado um dos países de economia emergente”, afirmou a BRF sobre o potencial econômico africano.

O gerente executivo de Relações Institucionais Internacionais da BRF, Luiz Tavares, disse em nota que as habilitações vão em linha com os planos da empresa de se fortalecer em mercados estratégicos.

“Consolidar nossa presença em uma das maiores economias do continente (africano) é fundamental para expandirmos e diversificarmos nosso portfólio globalmente”, afirmou o executivo.

Dados da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) mostram que somente no primeiro trimestre de 2021 o país embarcou 78,4 mil toneladas de carne de frango para a África do Sul, avanço de 32% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Com as vendas de aves, a receita acumulada entre janeiro e março somou US$ 42,7 milhões, avanço de 42%.

No caso de suínos, o Brasil exportou apenas 1,8 mil toneladas ao país africano no trimestre, mas este volume representou um salto de 150% no comparativo anual. A receita subiu 189%, para US$ 5,1 milhões, de acordo com a ABPA.

Multiplan (MULT3)

A operadora de shoppings centers Multiplan teve lucro líquido de R$ 46,3 milhões de janeiro ao fim de março, um recuo de quase 74% sobre o mesmo período do ano passado. O valor foi impactado pelas medidas de isolamento social.

O faturamento líquido do grupo recuou 18,4% no período, para R$ 266 milhões, afetado por quedas de cerca de 20% nas receitas com aluguel e de serviços, além de retrocesso de 45,6% nas receitas com estacionamento.

A empresa afirmou que manteve “caso a caso” condições facilitadas de operação para os lojistas criadas em 2020, algo que incluiu redução de aluguel, condomínio e outras taxas.

Segundo a companhia, os shoppings operaram 63% do horário regular no primeiro trimestre e as vendas dos lojistas foram 72,3% equivalentes às vendas do primeiro trimestre de 2020, somando R$ 2,3 bilhões.

“Nenhum shopping operou em seu horário regular, fevereiro deste ano teve um sábado a menos e feriados adicionais foram decretados em algumas cidades do Brasil o que impactou negativamente os números de vendas ao longo do trimestre”, afirmou a companhia no balanço. O indicador de vendas mesmas lojas caiu 26,8% sobre o mesmo período do ano passado.

Bank Of América (BOAC34)

O otimismo sobre a economia global está em níveis nunca vistos, em meio a um “boom” econômico patrocinado por abundante liquidez e que deve perdurar, disseram profissionais do Bank of America, minimizando riscos de mudanças bruscas nas políticas monetárias nos Estados Unidos e na zona do euro.

De acordo com relatório do banco, 92% dos indicadores proprietários de crescimento –que refletem análises da equipe de pesquisa global da instituição– apontam sinais “bullish” (otimistas) ou neutros.

A porcentagem ronda esse nível desde dezembro passado e segue bem distante de uma mínima de 14% registrada em abril de 2020, quando o mundo enfrentava os fortes impactos iniciais da pandemia de Covid-19.

A trajetória ascendente, segundo os analistas do BofA, deve continuar. Nesse ambiente, as recomendações são de compra de ações de valor, cíclicas, commodities e small-caps.

“A história sugere que as chances são a favor de que isso aconteça, visto que as expansões nos EUA tendem a durar mais do que as contrações”, afirmaram, lembrando que, em média, os períodos de crescimento econômico nos EUA duram 65 meses, ou cinco anos e meio.

O BofA prevê que a economia global vai crescer 5,8% em 2021 e 4,5% em 2022, “substancialmente” acima da média de 3,5% dos últimos 20 anos. Os EUA devem mostrar forte crescimento de 7,0% e 5,5%, respectivamente.

O banco lembrou que a reversão de ciclos de expansão geralmente ocorre com mudanças na postura de bancos centrais de “dovish” (pró-estímulos) para “hawkish” (reticente a mais estímulos). Mas os estrategistas de juros da instituição não preveem “tapering” (redução de estímulos) até o próximo ano, com alta de juros ainda mais tardia – apenas no segundo semestre de 2023.

Qualcomm (QCOM34)

A Qualcomm previu vendas do trimestre atual e lucro ajustado acima das estimativas de Wall Street, com executivos dizendo que vêem as restrições de oferta caindo à medida que compradores de smartphones atualizam para 5G e ex-clientes da Huawei migram para chips Qualcomm.

A Qualcomm previu lucro ajustado no ponto médio de US$ 1,65 por ação e receita com ao redor US$ 7,5 bilhões para o trimestre fiscal encerrado em junho, ante expectativas dos analistas de US$ 1,52 por ação e receita de US$ 7,1 bilhões, de acordo com dados da Refinitiv.

Para o segundo trimestre fiscal encerrado em 28 de março, a Qualcomm teve lucro ajustado de US$ 1,90 por ação e vendas de US$ 7,93 bilhões, ante estimativas dos analistas de US$ 1,67 por ação e receita de US$ 7,62 bilhões, mostraram os dados da Refinitiv.

A Qualcomm projeta chips, mas depende de parceiros para fabricá-los, como Taiwan Semiconductor, Samsung e Semiconductor Manufacturing.

Localiza (RENT3)

A Localiza informou que seu conselho de administração nomeou Bruno Lasansky como seu novo presidente-executivo, no lugar de Eugênio Mattar, que passa a ser presidente-executivo do conselho da empresa de locação de veículos e gestão de frotas.

A assembleia de acionistas aprovou a proposta de pagamento de dividendos complementares no valor de R$ 18,1 milhões.

Sony (SNEC34)

A Sony afirmou que espera que a receita operacional caia 4,3% neste ano fiscal, após lucro recorde obtido com vendas de música, videogames e outros conteúdos para pessoas forçadas a ficar em casa por conta de medidas de isolamento social.

Essa demanda ajudou a Sony a continuar sua mudança de modelo de negócio, de produtos eletrônicos de consumo para conteúdo de entretenimento, serviços de assinatura digital e downloads de jogos. Mas à medida que mais pessoas em mercados-chave como os Estados Unidos se vacinam contra o novo coronavírus, esses ganhos podem diminuir.

“Esperamos que as vendas de software no trimestre encerrado em 30 de junho fiquem abaixo do mesmo período do ano fiscal anterior, quando os lockdowns foram generalizados”, disse o diretor financeiro, Hiroki Totoki, durante uma entrevista coletiva online.

“Não vemos um aumento significativo de assinantes como vimos no ano fiscal passado, por conta da obrigação de ficar em casa”, acrescentou.

Para o ano comercial iniciado em 1º de abril, a Sony previu que o lucro cairá para 930 bilhões de ienes (US$ 8,53 bilhões), abaixo da média de 976,4 bilhões de ienes estimada por 19 analistas, segundo a Refinitiv.

Totoki disse que a Sony pretendia vender mais de 14,8 milhões de PS5s este ano, o dobro do número vendido desde o lançamento do console, mas a escassez global de semicondutores impede a empresa de aumentar drasticamente a produção.

Para reforçar o conteúdo de entretenimento, a Sony está buscando aquisições e acordos de distribuição. Em dezembro, a companhia comprou o serviço de streaming focado em conteúdo asiático Crunchyroll, obtendo 3 milhões de novos assinantes em 200 países.

Este mês, a Sony fechou acordo com a Walt Disney para disponibilizar filmes da franquia “Homem-Aranha” e outros de seus filmes no serviço de streaming da Disney – depois que eles forem exibidos na Netflix, que já havia fechado um acordo de streaming com a Sony antes.

Nos três meses encerrados no fim de março, a Sony teve lucro de 66,5 bilhões de ienes – quase o dobro do mesmo período do ano anterior. Esse resultado se compara a uma média de 76,1 bilhões de ienes de cinco estimativas de analistas compiladas pela Refinitiv.

Ford (FDMO34)

A Ford divulgou hoje (29) forte lucro trimestral, mas alertou que a escassez global de chips reduzirá a produção no segundo trimestre em 50%, ou 1,1 milhão de unidades.

A montadora disse que a escassez global de semicondutores custará cerca de US$ 2,5 bilhões.

A Ford disse que o lucro líquido de US$ 3,3 bilhões foi o melhor desde 2011 e que o lucro ajustado antes dos impostos atingiu um recorde de US$ 4,8 bilhões.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

GetNinjas (NINJ3)

Começa hoje (29) o período de reserva de ações da GetNinjas para pequenos investidores. A companhia está com o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 24,90 e R$ 33,50. Considerando a oferta-base de 24,1 milhões de ações e o preço médio de R$ 29,20, a oferta pode movimentar R$ 703,8 milhões. Ainda é possível contat com o lote adicional de 4,8 milhões de ativos e de um lote suplementar de 3,6 milhões.

A companhia que tem estreia na bolsa para 14 de maio informou que o montante levantado será dividido em: marketing (65%), recursos humanos (20%) e reforço de caixa (15%).

Athena Saúde (ATEA3)

A Athena Saúde também é outra empresa que terá o início do processo de reserva de ações do IPO nesta quinta-feira. A companhia determinou o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 18,35 e R$ 23,12. Considerando a oferta-base de 120,5 milhões de ações e o preço médio de R$ 20,74, a oferta pode levantar o montante de R$ 2,5 bilhões.

A empresa que tem estreia na B3 prevista para 13 de maio informou que o valor levantado na oferta será divido em: aquisições com contratos firmados (85%) e aquisições futuras (15%). Entre as aquisições já firmadas estão a do Grupo São Bernardo, do Espírito Santo, e do Grupo Promédica, da Bahia.

JBS (JBSS3)

A JBS informou que o conselho administrativo da companhia aprovou o montante de R$ 2,5 bilhões, para a distribuição de dividendos, o equivalente a R$ 1,01 por ação.

O pagamento ocorrerá em 5 de maio e as ações serão negociadas em “ex-dividendos” a partir de hoje (29).

Yduqs (YDUQ3)

A Yduqs destinou R$ 141,7 milhões para o pagamento de proventos, equivalente a R$ 0,4696 por ação. Sendo R$ 93,3 milhões em dividendos obrigatórios relativos a 2020 e R$ 48,5 milhões em dividendos complementares.

O pagamento será realizado até o final deste ano para acionistas posicionados hoje (29).

Tupy (TUPY3)

A Tupy obteve a maior receita líquida de sua história, R$ 1,5 bilhão, um aumento de 41% em relação ao 1T20. Um dos fatores fundamentais para essa marca foi o crescimento no volume físico de vendas, que foi de 15% em comparação com o ano anterior, atingindo 127 mil toneladas, com forte desempenho em todos os segmentos e geografias.

Contudo, o lucro líquido da companhia caiu de R$ 207 milhões no primeiro trimestre de 2021 para R$ 14 milhões nos três primeiros meses deste ano, uma baixa de 92,8%.

De acordo com a companhia, “O resultado foi impactado por despesas financeiras não recorrentes no valor de R$ 58 milhões, relacionadas ao prêmio de resgate antecipado e juros pro-rata da Senior Notes com vencimento em 2024.”

Petrobras (PETR4)

A Petrobras manifestou ao CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) o interesse em exercer seu direito de preferência na segunda rodada de licitações dos volumes excedentes da cessão onerosa, que envolverá as áreas de Sépia e Atapu.

Segundo fato relevante publicado pela estatal, a diretoria executiva da empresa aprovou a manifestação do interesse nas áreas com percentual de 30%.

A Petrobras afirmou que os valores correspondentes aos bônus de assinatura a serem pagos, diante dos percentuais de participação estabelecidos, serão de R$ 1,2 bilhão para Atapu e R$ 2,14 bilhões para Sépia.

“A manifestação do interesse está em linha com o Plano Estratégico da companhia, com foco na concentração dos seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas”, acrescentou a petroleira.

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) atendeu um pleito da Petrobras e prorrogou os prazos para que a estatal realize a venda de refinarias e ativos de gás, mas manteve obrigação para que os desinvestimentos sejam concluídos até o fim deste ano, conforme informou em comunicado.

Os desenvestimentos fazem parte de obrigações assumidas pela estatal em acordos firmados com a autarquia, que têm como objetivo atrair novos investidores e estimular a concorrência nos mercados de refino e gás natural.

Itausa (ITSA4)

O conselho de administração da Petrobras aprovou a venda da participação de 10% na NTS (Nova Transportadora do Sudeste), pelo valor de R$ 1,8 bilhão.

O ativo será comprado pela Nova Infraestrutura Gasodutos Participações, fundo gerido pela Brookfield e pela Itaúsa, que já são controladores da NTS.

Gol (GOLL4)

A Gol anunciou que está iniciando um aumento de capital de até aproximadamente R$ 512 milhões, liderada pelos acionistas controladores, os irmãos Constantino.Eles informaram ao conselho de administração da companhia a sua intenção de subscrever até aproximadamente R$ 270 milhões em novas ações da GOL, representativas de seu valor pro rata, a um preço por ação preferencial de R$ 24,19, que se baseia em o preço do fechamento de ontem (28) e representa um prêmio de 9,13% sobre o preço médio ponderado pelo volume de 30 dias das ações preferenciais da GOL.

GPA (PCAR3)

A GPA informou que irá pagar R$ 127 milhões correspondente a R$ 0,4757 por ação em dividendos e o valor bruto de R$ 456 milhões, correspondente a R$1,701093 por ativo em JCP (juros sobre capital próprio).

O pagamento será efetuado em 15 de junho para os investidores que tiverem base acionária em 05 de maio.

Even (EVEN3)

A Even destinou o montante de R$ 116 milhões para o pagamrnto de dividendos, sendo R$ 0,56420 para cada ação. O pagamento ocorrerá em 17 de maio.

De acordo com a companhia, “terão direito aos dividendos declarados as pessoas inscritas como acionistas da Companhia na data base de 28 de abril e as ações da Companhia serão negociadas ‘ex-dividendos’ a partir de hoje.”

(Com Reuters)

Calendário de divulgação dos próximos resultados:

  • Duratex (DTEX3) – 29 de abril
  • Fleury (FLRY3) – 29 de abril
  • Grendene (GRND3) – 29 de abril
  • Paranapanema (PMAM3) – 29 de abril
  • Unidas (LCAM3) – 29 de abril
  • ISA CTEEP (TRPL4) – 29 de abril

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).