Intel eleva previsões de vendas e lucro em 2021 após resultado acima do esperado no 1º trimestre

A Intel elevou hoje (22) suas perspectivas de vendas anuais com a forte demanda por computadores pessoais. Mas a previsão da empresa para o lucro no segundo trimestre ficou aquém das expectativas dos analistas diante de investimento pesado em fábricas para alcançar rivais com chips mais rápidos.

A Intel, que é uma das poucas empresas restantes na indústria de chips que projeta e fabrica seus próprios microprocessadores, disse que foi capaz de derrotar rivais durante uma escassez global de chips operando suas próprias fábricas. Mas a empresa disse que a falta de outros componentes de terceiros necessários para a montagem de computadores completos pode prejudicar suas vendas neste ano.

LEIA MAIS: Intel e PrograMaria lançam projeto para capacitar pessoas trans e mulheres negras em tecnologia

A Intel disse que a divisão de chips para PCs teve vendas de US$ 10,6 bilhões no primeiro trimestre, acima das expectativas dos analistas de US$ 10,17 bilhões, de acordo com dados da FactSet.

Patrick Gelsinger, que retornou à companhia como presidente-executivo este ano, disse à Reuters após a divulgação do resultado que a empresa excedeu as expectativas para chips de PCs em parte porque foi capaz de produzir internamente algumas etapas da fabricação.

A Intel disse que espera receitas e lucro ajustado em 2021 de US$ 72,5 bilhões e US$ 4,60 por ação, respectivamente, acima das estimativas dos analistas de US$ 72,32 bilhões e US$ 4,58 por ação, de acordo com dados da Refinitiv.

A fabricante de chips prevê receita e lucro ajustado para o segundo trimestre de US$ 17,8 bilhões e US$ 1,05 por ação, com vendas acima das estimativas dos analistas de US$ 17,59 bilhões. Mas a projeção de lucro veio abaixo das projeções de US$ 1,09 por ação, de acordo com dados da Refinitiv.

O diretor financeiro da Intel, George Davis, disse à Reuters que o lucro menor deve-se ao investimento em aceleração da produção de tecnologias de fabricação de 10 e 7 nanômetros.

VEJA TAMBÉM: Por que a Intel investirá US$ 20 bilhões em novas fábricas nos EUA

A área de chips para centrais de dados teve receita de US$ 5,6 bilhões no primeiro trimestre, abaixo das estimativas da FactSet de US$ 5,89 bilhões.

A Intel disse que as vendas e lucro ajustado para o primeiro trimestre foram de US$ 18,6 bilhões e US$ 1,39 por ação, acima das estimativas dos analistas de US$ 17,89 bilhões e US$ 1,15 por ação, de acordo com dados da Refinitiv. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).