Criptomoeda ether atinge novo recorde, acima de US$ 3,6 mil

Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

O ether já acumula alta de mais de 385% neste ano, em comparação com 96% para o bitcoin

O ether <ETH= BTSP>, segunda maior criptomoeda do mundo, só atrás do bitcoin, alcançou hoje (6) uma nova máxima recorde de US$ 3.616, ganhando impulso com investidores ampliando a diversificação de carteiras.

Na Bitstamp Exchange, o bitcoin caiu 0,3%, a US$ 57,353 mil e cerca de 11% abaixo de seu recorde de US$ 64.895 mil atingido em 14 de abril.

O ether já acumula alta de mais de 385% neste ano, em comparação com 96% para o bitcoin.

O movimento reflete em parte o aumento de fluxos para o bitcoin, que cresceu após algumas grandes empresas anunciarem que compraram a moeda. (Com Reuters)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).