XP foca em expansão com novo CEO e não descarta aquisições

Reprodução/XP
Reprodução/XP

Novo CEO da companhia, Thiago Maffra mira outros públicos e planeja crescer em base de clientes

A XP Inc está em ritmo de expansão e tem novos lançamentos no horizonte, disse hoje (11) o futuro CEO da companhia, Thiago Maffra, que a partir de amanhã substitui o fundador da instituição, Guilherme Benchimol. Em coletiva de imprensa, Maffra falou sobre os produtos que a XP deve lançar nos próximos meses com o objetivo de ampliar e aproximar a empresa da base de clientes, principalmente através da digitalização.

Entre os planos de lançamentos estão a conta digital completa – com pagamentos, PIX e conta salário – e a ampliação dos produtos e serviços destinados a pessoas jurídicas. Tudo isso, conforme o novo CEO, sem perder a característica asset light (ou seja, um modelo com ativos leves) da companhia. Maffra não descarta novas aquisições, que podem compreender “desde portfólios até empresas de tecnologia”.

VEJA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Para Benchimol, que assume o posto de presidente-executivo do conselho de administração, as operações de M&A devem ser realizadas como consequência do crescimento orgânico das operações. “Somos sempre abertos a buscar oportunidades e acoplar coisas que possam deixar o negócio mais forte.” Os executivos preferiram não comentar a possibilidade de compra da operação do Credit Suisse no Brasil.

Segundo Maffra, o segmento de alta renda marcou o início da companhia e segue como o core business, mas a XP também quer expandir a base de clientes. “Quando tenho só investimentos, eu preciso de um cliente que tenha poupança, dinheiro guardado para investir. Quando vamos para o segmento de cartão de crédito, posso ter clientes que tenham uma renda familiar, mas sem poupança, e que pode ser um bom cliente. Vamos expandir de fato a base de clientes conforme formos avançando.”

Benchimol se despede do cargo de CEO prometendo um crescimento nos próximos anos maior do que o obtido até agora, reforçando que a oportunidade da XP está em desintermediar os grandes bancos e trazer uma nova forma de investir: “não achamos que a concorrência esteja em novos entrantes, mas nos bancos incumbentes.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).