Startup lança plataforma para aumentar a empregabilidade LGBTQ+ nas empresas

Divulgação
Divulgação

Maira Reis, fundadora da camaleao.co, contou com exclusividade à Forbes, as novidades da plataforma

A camaleao.co, startup que ajuda organizações a aumentarem a representatividade LGBTQ+ entre seus colaboradores, acaba de lançar a versão beta de sua plataforma online. Com o objetivo de incrementar a inserção destes profissionais no mundo corporativo, o  site reúne vagas em diversas áreas e faz o match das oportunidades com o currículo e as metas do candidato. 

“A gente quer ser um espaço seguro para o candidato e para a empresa, facilitando o processo de recrutamento da população LGBTQ+. No entanto, muito mais do que só empregar, queremos operar como um amigo desse candidato, e realmente mudar a dinâmica da empresa. A empregabilidade é a primeira porta e a gente precisa continuar nesse processo”, afirma Maira Reis, fundadora da camaleao.co.

LEIA MAIS: Maira Reis, da Camaleão, sobre a presença LGBT+ em startups: “Ainda vemos muito preconceito”

Com exclusividade à Forbes, a ativista contou que, inicialmente, o serviço chega ao mercado exclusivamente para fazer o casamento entre os profissionais e as oportunidades de emprego, a partir de filtros e campos de busca. Os candidatos e as empresas podem inserir as palavras-chave de seu interesse – incluindo declaração racial e se possui algum tipo de deficiência – para buscar as melhores oportunidades.

Maira afirma que, para o próximo ano, a expectativa é disponibilizar novas funcionalidades para aperfeiçoar a ferramenta, com a possibilidade de fazer entrevistas na própria plataforma, além de incluir conteúdo educativo para que, antes da entrevista, o candidato tenha acesso a dicas de como se dar bem no processo ou o que fazer caso sofra algum tipo de preconceito. A empreendedora também deseja levar a solução para um aplicativo móvel.

O serviço é gratuito para o candidato. As empresas interessadas em divulgar oportunidades de emprego na plataforma devem adquirir créditos – R$ 999 por semestre ou R$ 799 por ano. Os clientes que aderirem à ferramenta receberão um selo de cofundador, com o intuito de incentivar mais pessoas a participarem do projeto e mostrar para a comunidade LGBTQ+ o estágio de determinadas empresas no que diz respeito à inclusão. “Futuramente, as empresas que tiverem o selo de apoio à iniciativa terão descontos nos planos que pretendemos lançar, além de acesso em primeira mão às funcionalidades lançadas”, pontua Maira.

O projeto está no estágio de negociação e venda do acesso aos clientes  – ainda mantidos em segredo. “Por hora, vamos focar em um único plano de remuneração de recorrência, ou seja, a empresa terá que nos enviar vagas todos os meses”, explicou. Com novas vagas sendo lançadas frequentemente, o candidato pode cadastrar seu currículo para que, mesmo que não haja uma vaga naquele momento, entrem novas oportunidades futuras. “Queremos, acima de tudo, deixar claro que, a qualquer momento, podemos – e vamos – ter novas oportunidades que se conectarão aos currículos cadastrados. Por isso, precisamos dessa frequência de vagas”, completa.

Criada em 2017, a camaleao.co nasceu como uma consultoria de recursos humanos que conecta seu banco de talentos de mais de 3 mil pessoas a empregadores. Além de ajudar os clientes a encontrarem candidatos aptos, a startup também oferece palestras e mentorias para auxiliar o RH no recrutamento e ajudar as empresas a serem mais inclusivas, não só durante os processos seletivos. “As companhias precisam entender que a diversidade vai alavancar os lucros, a criatividade e melhorar a cultura como um todo. Nós oferecemos um sistema que deixa o preconceito para trás. As empresas podem analisar o candidato a partir daquilo que ele tem para entregar e o quanto ele combina com a cultura do negócio.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).