16 estonteantes novos hotéis para viajar quando a pandemia permitir

Divulgação
Divulgação

Acomodações de luxo recém-lançadas unem sofisticação, sustentabilidade e bem-estar

Os otimistas entre nós têm muitas expectativas para 2021, principalmente no quesito viagem, com uma série de novos hotéis interessantes sendo inaugurados em todo o mundo, dos EUA à Noruega e às Maldivas (eles ainda serão configurados para distanciamento social e a pandemia).

Alguns são um projeto de paixão de um único empresário, enquanto outros são movimentos em grande escala de grandes marcas. Mas o que todos eles compartilham é uma atenção meticulosa aos detalhes, uma vontade de reescrever as regras e, em alguns casos, atenção genuína dada à sustentabilidade. E melhor ainda: quando pudermos viajar novamente, eles estarão à nossa espera!

LEIA MAIS: 7 casas de aluguel pelo mundo que primam pela criatividade

Veja na galeria a seguir 16 novos hotéis de luxos perfeitos para visitar quando a pandemia acabar:

  • Aurora Lodge, Noruega

    Os Alpes Lyngen, na Noruega, são amplos e extremamente remotos, com natureza em total exibição. Cientistas avaliam que este ano será um dos melhores de todos os tempos para ver a aurora boreal. A região costumava ser um lugar desafiador para se visitar, mas, com o lançamento do hotel Aurora Lodge pela agência de viagem de luxo europeia Black Tomato, a viagem deve se tornar muito mais acessível. Acessível via helicóptero a partir da cidade de Tromsø, este hotel-chalé com consciência ecológica é de alto nível em design e muito luxuoso: o famoso designer europeu Antonio Lupi projetou os interiores, que incluem chuveiros da AXOR e camas luxuosas suecas Hästens.

    Divulgação
  • Immerso, Portugal

    Ericeira é uma linda cidade litorânea a menos de uma hora de Lisboa. Até recentemente, tinha alguns hotéis estilo boho-chic para surfistas, mas nenhum de luxo. Isso vai mudar nos próximos meses, com a inauguração do Immerso, um hotel cinco estrelas com 37 quartos, um requintado restaurante do chef português com estrelas Michelin Alexandre Silva, piscina, bar, horta, além de cerveja própria e um estúdio de pranchas de surfe. A natureza é a maior inspiração do hotel, e a escolha dos materiais decorativos tende fortemente para o natural e o orgânico, com texturas de terra e mar.

    Divulgação
  • Maslina Resort, Croácia

    Este resort voltado para a sustentabilidade foi inaugurado em Hvar no verão passado, com 33 quartos, 17 suítes e três vilas decoradas com materiais naturais locais. A arquitetura se mistura com a natureza de olivais e vinhas, com excelentes vistas para o mar Adriático. Uma horta orgânica abastece o restaurante e o bar de praia, supervisionados pela ex-participante do “Top Master Chef”, Patricia Yeo. Há também um menu especial “jardim para a pele” no spa.

    Divulgação
  • Ca’ di Dio, Veneza

    Não muito longe da Piazza San Marco, esta nova joia da arquiteta Patricia Urquiola terá 66 quartos, 57 dos quais são suítes. É o carro-chefe dos novos V Retreats, uma coleção de palácios e outras residências notáveis ​​de luxo em toda a Itália. Neste caso, isso significa uma tradicional “casa veneziana” que está profundamente ligada à história da cidade pelos seus materiais, cores, acabamentos e artesanato feito pelas mãos de artesãos locais apaixonados.

    Divulgação
  • La Maison Tatin, França

    No início deste ano, um novo hotel-restaurante vai abrir no Vale do Loire, no local do histórico luxuoso Hôtel Tatin, onde a famosa torta de mesmo nome foi criada acidentalmente pelas irmãs Tatin. Este novo hotel terá uma atmosfera século 19, com equipe em trajes específicos de época, exposição histórica e spa. Você pode adivinhar o que tem para a sobremesa.

    Divulgação
  • Canyon Madness Ranch, Estados Unidos

    Este novo hotel não deve ser confundido com o spa de mesmo nome no Arizona, o Canyon Madness será um parque de aventura de luxo ao ar livre com 14.000 acres no zona nordeste do Novo México, entre o Enciero Canyon e os penhascos de arenito vermelho do Canadian River Canyon. Terá muitas atividades ao ar livre, como esportes equestres, tiro ao alvo e outras atividades na selva. Os hóspedes ficarão hospedados no Teepee Lodge, com oito suítes, projetado pelo arquiteto mexicano Alejandro Uribe, conhecido por suas residências de luxo e resort em Cabo San Lucas.

    Divulgação
  • Six Senses Botanique, Brasil

    A super-sustentável marca de hotéis asiática Six Senses finalmente chega às Américas com esta maravilha na Serra da Mantiqueira. A construção é feita com materiais indígenas e o design foi pensado para respeitar a topografia da região. O hotel terá 13 vilas e sete suítes a princípio, com mais residências e vilas em obras. Haverá um spa que usa botânicos brasileiros, um restaurante fazenda, atividades de escalada de montanhas locais e atividades de entretenimento, como aulas de capoeira.

    Divulgação
  • Zannier Hotels Bai San Ho, Vietnã

    Este novo resort fica em 245 acres de arrozais, colinas verdes exuberantes, palmeiras e bosques de bambu e uma baía privada de um recife de coral com vários quilômetros de extensão. O hotel combina relaxamento, cultura e aventura. A arquitetura é infundida com a tradição vernacular do país e artefatos, pinturas e estampas de seda locais. As acomodações são em 71 vilas independentes com piscina. Há três restaurantes que servem cozinha tradicional vietnamita e contemporânea, com grande ênfase em peixes e frutos do mar. As experiências variam desde refeições luxuosas com ostras em longos barcos locais até receber bênçãos pelos monges do templo em Quy Nhon.

    Divulgação
  • Treeful Treehouse Sustainable Resort, Japão

    Localizada na cidade de Nago, no norte da ilha de Okinawa, no Japão, esta propriedade segue uma filosofia de luxo sustentável. Operado sem quaisquer combustíveis fósseis, o elegante resort casa na árvore tem design avançado e integrado à natureza. Ele é totalmente suspenso, com vista de 360 ​​graus e design de interiores contemporâneo, construído às margens do rio Genka, cujas águas estão entre as mais límpidas do Japão. A construção incluiu iniciativas sustentáveis dos moradores de Okinawa, como remoção de concreto para restaurar a paisagem natural e reconstrução de um moinho de água, em um esforço para melhorar sua área ambientalmente, culturalmente e economicamente.

    Divulgação
  • Capella Hanoi, Vietnã

    Mais novo projeto do arquiteto Bill Bensley, o Capella Hanoi foi concebido para ser uma celebração da ópera. Ocupando um palácio a poucos passos da Ópera de Hanói, foi planejado para ser o ponto de encontro de artistas, cantores, compositores, cenógrafos e figurinistas desde a última apresentação na brilhante década de 1920. Cada uma das 47 suítes apresenta uma composição sinfônica –usando parte da coleção do hotel de mais de 1.000 peças de memorabilia original– contando as histórias dos membros da sociedade de ópera travessa da época que poderia ter passado por suas portas nos últimos 150 anos.

    Divulgação
  • Patina Maldives, Ilhas Fari

    A propriedade inaugural da nova marca de luxo Patina Hotels & Resorts foi projetada pelo arquiteto brasileiro Marcio Kogan. Tem 90 villas contemporâneas de um a três quartos, com piscina, além de 20 estúdios, todos incorporando uma harmonia de santuário e tranquilidade. Há atividades que focam no bem-estar de luxo, programas musicais interativos, uma variedade de experiências culinárias e oportunidades para se aquecer no iluminado observatório James Turrell Skyspace Pavilion.

    Divulgação
  • The Pavilions Anana Krabi, Tailândia

    Este novo resort de 59 quartos está rodeado por penhascos de calcário e vegetação local da costa sudoeste da baía de Phang-Nga. O resort tem foco em bem-estar, sustentabilidade e vida com consciência ecológica. Em seu centro está uma grande horta que usa princípios regenerativos de compostagem e conservação de água para produzir para as refeições do restaurante, da cafeteria e da escola de culinária vegana da propriedade. As possibilidades de atividades incluem uma viagem de barco movido a energia solar para descobrir os rios de mangue locais e o centro de ioga e bem-estar com piscina de 35 metros de água da montanha vulcânica local, rica em minerais.

    Divulgação
  • Jack’s Camp, Botsuana

    As celebrações do 25º aniversário foram adiadas por motivos óbvios neste camping em Pan Makgadikgadi, salina situada no meio da savana seca do nordeste do Botsuana, que foi inaugurado em 1995 e acaba de passar por uma reconstrução completa. Com inauguração prevista para o mês que vem, ainda presta homenagem ao estilo campestre dos anos 1940. O novo Jack’s Camp terá dez barracas de safári espaçosas, quase o dobro do tamanho das antigas, com uma área interna de 130 metros quadrados. Elas serão decoradas com antiguidades que foram passadas de geração a geração pela família do fundador e proprietário, Ralph Bousfield. Cada uma tem um armário de curiosidades que é quase um museu de história natural em miniatura, com artefatos como ferramentas de pedra e fósseis, todos coletados pelo próprio Bousfield.

    Divulgação
  • Azura Marlin Beach, Moçambique

    Em um trecho de um quilômetro de extensão de praia de areias brancas no sudoeste da Ilha de Benguerra, está o terceiro hotel de luxo do portfólio moçambicano de Azura. O hotel tem uma vibração moderna e descontraída –e um preço mais baixo que o carro-chefe da marca–, mas compartilha a mesma atenção à qualidade e excelentes vistas para o Oceano Índico. Tem dez vilas com todos os tipos de confortos e assistência de um mordomo-anfitrião. As atividades incluem mergulhos com snorkel e no recife local, passeios em dhow, pesca em alto mar e piqueniques em bancos de areia remotos.

    Divulgação
  • Inara Camp, Morrocos

    A apenas 30 minutos do aeroporto de Marrakech, está localizado o Inara Camp, um acampamento no deserto com 18 barracas de luxo, uma piscina luxuosa e diversões extra como passeios, cavalgadas, tour de bicicleta pela montanha, trekking e safáris no deserto. Foi concebido por Vincent Jaquet, fundador do primeiro acampamento de luxo nas dunas do Saara, no Marrocos, em 2004. Há duas experiências gastronômicas diferentes, além de atividades diárias como cerimônias do chá marroquino, apresentações de dança e tatuagens de henna.

    Divulgação
  • Flynn by the Crystalbrook Collection, Austrália

    Em frente ao calçadão Cairns Esplanade, o novo hotel Flynn tem duas piscinas de vidro com vista para o Coral Sea, 311 quartos e suítes elegantes, três níveis de restaurantes e bares, um spa Eléme Day e uma academia 24 horas. Ele abraça o mantra de sua empresa-mãe de “luxo responsável”, adotando a mudança ambiental para melhorar e não comprometer a qualidade das experiências dos hóspedes.

    Divulgação

Aurora Lodge, Noruega

Os Alpes Lyngen, na Noruega, são amplos e extremamente remotos, com natureza em total exibição. Cientistas avaliam que este ano será um dos melhores de todos os tempos para ver a aurora boreal. A região costumava ser um lugar desafiador para se visitar, mas, com o lançamento do hotel Aurora Lodge pela agência de viagem de luxo europeia Black Tomato, a viagem deve se tornar muito mais acessível. Acessível via helicóptero a partir da cidade de Tromsø, este hotel-chalé com consciência ecológica é de alto nível em design e muito luxuoso: o famoso designer europeu Antonio Lupi projetou os interiores, que incluem chuveiros da AXOR e camas luxuosas suecas Hästens.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).