Ilha grega que já foi de Aristóteles Onassis promete ser o próximo paraíso dos bilionários

Jorde Angjelovik/Getty Images
Jorde Angjelovik/Getty Images

Deslumbrante vista aérea da ilha de Skorpios, na Grécia

Alguns lugares são mais conhecidos por suas fotos de paparazzi do que qualquer outra coisa. Skorpios, uma ilha particular do Mar Jônico na costa oeste da Grécia, está entre eles. Anteriormente o lar do falecido bilionário grego da navegação Aristóteles Onassis, foi onde ele e Jacqueline Kennedy Onassis se casaram em 1968 – e mais tarde, onde um paparazzo italiano tirou fotos de Jackie nua na praia que acabou aparecendo na revista masculina “Hustler” sem o seu conhecimento. Agora a ilha se tornará conhecida como um lugar para a maioria da elite do mundo se refugiar. De acordo com a recente aprovação do governo grego, local deve se tornar um resort de luxo em 2024.

Passada para a neta de Onassis, Athina, que vendeu a propriedade para a filha do bilionário russo Dmitry Rybolovlev, Ekaterina, em 2013, a ilha se tornará um resort de luxo exclusivo para “indivíduos com patrimônio ultra elevado”, de acordo com seu proprietário.

LEIA TAMBÉM: O melhor do enoturismo no mundo: quatro vinícolas imperdíveis em Montalcino, na Itália

Com um custo estimado em aproximadamente US$ 200 milhões, o extravagante projeto (chamado VIP Exclusive Club) envolve planos para criar uma suíte master para a família Rybolovlev se acomodar, bem como um hotel cinco estrelas, aproximadamente dez vilas grandes e médias, um vinhedo, spa, complexo esportivo, lago artificial, campo de futebol (ou campo de futebol de cinco), fazenda e heliporto (obviamente). Segundo relatos, uma estadia de uma semana custará aos jetsetters internacionais cerca de € 1 milhão (ou US$ 1,2 milhão) para até 50 hóspedes.

Projetado pela empresa norueguesa Snøhetta (reconhecida por projetos de prestígio como a Biblioteca de Alexandria e a nova sede do jornal “Le Monde” em Paris), “a ideia básica é criar uma ilha verde com o maior aproveitamento possível de sua paisagem existente, estrutura e incomparável beleza”, disse Rybolovlev no ano passado. “O objetivo da nossa família é criar o primeiro complexo de acomodações de luxo na Grécia, localizado em uma ilha particular. Será único no Mediterrâneo. Ao mesmo tempo, todas as obras estão sendo feitas com muito cuidado e em total harmonia com o meio ambiente.”

Quanto à opulenta Villa Rosa onde Jackie se hospedou, Rybolovlev não decidiu se vai convertê-la em um museu ou deixá-la como residência.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).