Alemanha recomenda vacina da AstraZeneca somente para pessoas com menos de 65 anos

Tang Ming Tung/Getty Images
Tang Ming Tung/Getty Images

A Alemanha diz que a vacina da AstraZeneca deve ser oferecida somente a pessoas com idades entre 18 e 64 anos

A vacina contra Covid-19 da AstraZeneca deve ser aplicada somente em pessoas entre 18 e 64 anos, disse o comitê de vacinas da Alemanha em um esboço de recomendação um dia antes de reguladores europeus decidirem se aprovam o imunizante.

“No momento existem dados insuficientes disponíveis para avaliar a eficácia da vacina a partir dos 65 anos de idade”, disse o comitê, conhecido como Stiko, em esboço de resolução disponibilizado pelo Ministério da Saúde da Alemanha hoje (28).

LEIA MAIS: Bill Gates diz que pandemias do futuro devem ser levadas a sério como “ameaça de guerra”

“A vacina da AstraZeneca, ao contrário das vacinas de mRNA, deve ser oferecida somente a pessoas com idades entre 18 e 64 anos em cada etapa”, acrescentou.

A avaliação do Stiko se baseou nos mesmos dados de testes publicados pela revista médica “The Lancet” em 8 de dezembro.

A União Europeia aprovou a vacina desenvolvida pela Pfizer e por sua parceira alemã BioNTech no final de dezembro e deu o aval para o imunizante da Moderna em janeiro.

A AstraZeneca não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Na segunda-feira (25), a farmacêutica negou que sua vacina seja pouco eficaz em pessoas com mais de 65 anos, depois de reportagens na mídia alemã afirmarem que autoridades temem que a vacina possa não ser aprovada na Europa para uso em idosos.

O Ministério da Saúde da Alemanha disse que das 341 pessoas vacinadas no grupo com 65 anos ou mais, somente uma se infectou com o coronavírus, o que significa que o painel de especialistas em vacinas não foi capaz de derivar uma declaração estatisticamente significativa.

VEJA TAMBÉM: Demora do ministério pode dificultar negociação de insumos da CoronaVac, diz Dimas Covas

O presidente-executivo da AstraZeneca, Pascal Soriot, disse que a farmacêutica tem menos dados sobre os idosos do que outras fabricantes porque começou a vacinar os mais velhos depois.

“Mas temos dados fortes que mostram uma produção forte de anticorpos contra o vírus nos idosos, similar ao que vimos nos mais jovens”, disse ele em entrevista ao jornal “Die Welt” nesta semana.

A Alemanha está sofrendo com a escassez de vacinas depois de a Pfizer e a AstraZeneca anunciarem atrasos nas entregas nas últimas semanas, e o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, disse que a falta de doses pode durar até abril.

REINO UNIDO DIZ QUE VACINA É EFICAZ PARA TODAS AS IDADES

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford com a AstraZeneca é eficaz para pessoas de todas as faixas etárias, depois de a Alemanha recomendar que o imunizante seja aplicado somente em pessoas com menos de 65 anos.

Perguntado hoje sobre a avaliação alemã, Johnson disse: “Não concordo com isso”.

E TAMBÉM: Ministério diz ter exclusividade na compra de CoronaVac e prazo até maio para decidir sobre lote adicional

“Nossas próprias autoridades deixaram muito claro que acham que a vacina Oxford AstraZeneca é muito boa e eficaz”, disse o premiê durante uma visita a uma fábrica de vacinas na Escócia.

“A evidência que eles viram, que eles receberam, é de que eles acham que é eficaz em todos os grupos etários, e fornece uma boa resposta imune em todos os grupos etários.”

O Reino Unido já está aplicando a vacina da AstraZeneca em sua população depois de se tornar o primeiro país a aprovar a vacina em dezembro.

A Public Health England (PHE) disse que a vacina da AstraZeneca fornece uma resposta imune tranquilizadora em idosos, apesar de os dados sobre nível preciso de proteção ser desigual, com “altos níveis de proteção contra a Covid-19, particularmente contra casos mais graves”.

“Houve muitos poucos casos em pessoas mais velhas nos testes da AstraZeneca para observar o nível preciso de proteção neste grupo, mas os dados de resposta imune foram bastante tranquilizadores”, disse a chefe de imunizações da PHE, Mary Ramsay, em comunicado. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).