EUA passam a exigir teste negativo de Covid para passageiros de voos internacionais

Emily Elconin/Reuters
Emily Elconin/Reuters

Todos os viajantes a partir de 2 anos devem obedecer, exceto passageiros que estão apenas em trânsito pelos Estados Unidos

Quase todos os passageiros aéreos precisarão apresentar um teste de coronavírus negativo para entrar nos Estados Unidos, sob os novos requisitos de testagem anunciados ontem (12).

De acordo com as regras que entrarão em vigor em 26 de janeiro, quase todos os viajantes, incluindo cidadãos dos EUA, precisarão apresentar um teste negativo dentro de três dias da partida ou documentação de recuperação do Covid-19, informou o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.

LEIA MAIS: Disneylândia será local de vacinação contra Covid na Califórnia

Todos os viajantes a partir de 2 anos devem obedecer, exceto passageiros que estão apenas em trânsito pelos Estados Unidos. O CDC também considerará dispensas de requisitos de teste para companhias aéreas que voam para países com pouca ou nenhuma capacidade de teste, incluindo alguns lugares no Caribe.

A nova regra ampliou uma exigência imposta em 28 de dezembro para viajantes que chegam do Reino Unido, visto que uma variante mais transmissível do vírus circulava por lá.

No início deste mês, as principais companhias aéreas dos EUA apoiaram a tentativa do CDC de implementar um programa exigindo testes negativos para passageiros que voam para os Estados Unidos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).