Uber entra no segmento de entrega de receitas e medicamentos

Getty Images
Getty Images

Parceria faz parte da estratégia de buscar maneiras de explorar o setor de saúde

A plataforma de transporte compartilhado Uber anunciou hoje (20) sua entrada no mercado de entrega de medicamentos em parceria com a startup de prescrições médicas sob demanda NimbleRx.

A iniciativa começou nos mercados de Seattle e Dallas, nos Estados Unidos, e os planos de expansão incluem outras partes do país nos “próximos meses”. Os termos financeiros do negócio não foram divulgados, mas a NimbleRx, que tem cerca de US$ 500 milhões de receita anual, disse que a união tem capacidade de crescer já que trabalha com mais de 700 farmácias em 34 estados.

LEIA MAIS: Uber sofre impacto da pandemia, mas vê receita de entregas de comida dobrar

A Uber e seus rivais, incluindo a Lyft, continuam buscando maneiras de explorar o setor de saúde, fechando parcerias com hospitais e clínicas para garantir que os pacientes cheguem às suas consultas. Os passageiros também podem contratar planos de saúde e programas estaduais norte-americanos que cubram transporte médico não emergencial.

“Não estamos apenas transportando pessoas”, disse Dan Trigub, chefe do Uber Health, em entrevista. “Podemos providenciar receitas médicas sem que as pessoas precisem sair de casa. Por isso estamos nos juntando ao melhor sistema que as farmácias utilizam atualmente e fazendo a entrega de suas receitas e medicamentos.”

A parceria Uber-NimbleRx surge em um momento em que as grandes e tradicionais redes, como CVS Health e Walgreens Boots Alliance, investem em opções de entrega em domicílio depois que a Amazon adquiriu, há dois anos, a farmácia online PillPack. Ao desenvolver novas maneiras de fornecer prescrições, os players do setor enxergam uma maneira de melhorar a adesão à medicação, visto que alguns estudos mostram que uma em cada quatro receitas não é retirada na farmácia e uma porcentagem ainda maior de pessoas não toma seus medicamentos conforme prescrito.

No novo negócio, a Uber vê um mercado com tendência de alta, contemplando desde recém-nascidos a pessoas mais velhas com necessidades de prescrição médica. Diante da pandemia da Covid-19, as pessoas estão em busca de serviços de entrega para evitar idas às farmácias e consultórios. Trigub aponta que a parceria com a NimbleRx vai expandir a plataforma de entrega Uber Direct lançada no início deste ano.

“Agora, mais do que nunca, é fundamental que as pessoas retirem seus medicamentos com segurança e eficiência. Nos últimos meses, vimos um aumento significativo na demanda por entrega de receitas e farmácias”, disse o fundador e executivo-chefe da NimbleRx, Talha Sattar, revelando que o tempo médio de espera para alguém receber uma receita será de menos de 30 minutos. “É realmente sob demanda.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).