Microsoft Teams desafia Zoom com conferências gratuitas sem limite de duração

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Usuário não precisa mais cadastrar uma conta no Teams se usar a opção do navegador da web

O Teams da Microsoft tem se esforçado para superar o Zoom por muitos meses, à medida que os usuários recorrem aos serviços de videoconferência para manter contato durante o isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19. Agora, a companhia pode ter conseguido ultrapassar o Zoom ao elevar a oferta de seu serviço –antes disponível apenas em smartphones– para desktop e web.

Com o novo recurso do Teams na área de trabalho, agora você pode criar uma reunião para até 300 pessoas e ver até 49 na participantes na tela por meio da opção Together Mode –com o bônus de poder usar o serviço o dia todo de graça, anunciou a Microsoft em uma publicação.

VEJA TAMBÉM: Zoom ultrapassa valor de mercado da multinacional de petróleo ExxonMobil

Outra novidade do serviço é que o usuário não precisa mais cadastrar uma conta no Teams se usar a opção do navegador da web.

O novo posicionamento é positivo para o mercado consumidor, especialmente para aqueles nos EUA que não podem encontrar pessoalmente seus amigos e familiares durante o Dia de Ação de Graças deste ano devido às restrições da Covid-19.

O maior concorrente da Microsoft, o Zoom, é extremamente funcional, mas tem um limite de duração de videochamada de 40 minutos –que também foi prolongado em razão da data comemorativa norte-americana.

Entretanto, o bônus de tempo de chamada do Zoom acaba após o feriado, enquanto o Teams vai dar continuidade à oferta, o que poderia motivar alguns usuários a finalmente mudar para o serviço da Microsoft.

Então, na próxima semana, a tendência é de que a batalha pela maior fatia do mercado de videoconferências fique mais acirrada. Claro, o Zoom oferece muitos recursos interessantes e está melhorando sua área de segurança da informação, mas o Teams também está adicionando novas funções para tornar os encontros virtuais mais parecidos com os reais.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).