Por que Donald Trump continua bilionário mesmo com as dívidas?

Fortuna de Trump é estimada pela Forbes em US$ 2,5 bilhões

“Donald Trump é realmente um bilionário?” Essa foi a pergunta levantada depois do “New York Times” lançar uma reportagem bombástica sobre os impostos do presidente, detalhando grandes perdas em alguns anos e receita limitada em outros. A resposta a essa pergunta é: sim, Donald Trump é realmente bilionário.

Na verdade, Trump é um multimilionário, valendo US$ 2,5 bilhões, estimado pela Forbes. Seu portfólio, que inclui edifícios comerciais, propriedades de golfe e negócios de marcas, vale cerca de U$$ 3,66 bilhões antes da dívida. O presidente tem uma boa alavancagem – somando cerca de US$ 1,13 bilhão – mas não o suficiente para arrastar seu patrimônio líquido para menos de US$ 1 bilhão.

Para entender como Trump pode ser tão rico, é essencial compreender a diferença entre renda tributável e renda operacional. A renda tributável é a quantia que as pessoas declaram ao Serviço de Receita Federal que ganharam, depois de subtrair itens como depreciação, juros, perdas anteriores e, no caso de Trump, despesas comerciais questionáveis. A receita operacional captura a quantia que as empresas ganham com suas operações padrões, ignorando um monte de truques contábeis e manobras financeiras sofisticadas.

Muitos dos negócios de Donald Trump geram uma grande receita operacional, embora seus registros de IRS mostram pouca receita tributável. Isso é importante porque a receita operacional, não a receita tributável, é um fator-chave na determinação do valor de um ativo imobiliário. Os investidores querem saber quanto um edifício gera lucros anuais. O que acontece depois disso em uma declaração de imposto de renda – o nível de magia financeira que um vendedor pode usar para fazer sua receita operacional parecer uma perda e, assim, evitar impostos – não importa muito para um comprador em potencial.

“Existe o mundo dos impostos e depois o mundo real”, diz Eric Anton, um corretor de imóveis comerciais na cidade de Nova York. “Eles são totalmente diferentes.”

A receita operacional de Trump é real e documentada, apresentada na papelada das repartições fiscais locais, da Comissão de Valores Mobiliários e dos parceiros de negócios do presidente. Não se deixe enganar: a notícia não é que o presidente está falido (a matéria do Times observa que as declarações de impostos não listam o patrimônio líquido de alguém). A notícia, em vez disso, é que Donald Trump parece ter evitado pagar muitos impostos, apesar das receitas operacionais significativas em certas propriedades. Em outras palavras, ele descobriu como dividir muito pouco de sua fortuna com o país que agora liderou.

Veja o vídeo do nosso canal Forbes Brasil e entenda melhor:


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Money, no Telegram, para saber tudo sobre economia e mercado financeiro.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copy[email protected]).